Como controlar uma crise de ansiedade rápido

Rudney Dicas Saúde 01-01-17 Ansiedade, remedio para ansiedade, transtorno de ansiedade comentários

As estatísticas falam por si, já que, de acordo com estudos sobre a ansiedade, 10% da população já teve esse transtorno em sua vida e 5% sofre repetidamente com diferentes níveis de frequência e intensidade desse problema.

No caso de você ter sofrido e superar uma crise de ansiedade por alguma razão especial, não precisa ir para o médico. Por outro lado, se você sofre regularmente, sem que ocorra nenhuma razão aparente que afete a sua vida diária, é aconselhável procurar um médico. Ele pode fazer um diagnóstico e prescrever qualquer medicamento ou tratamento adequado.

Em qualquer caso, é essencial saber, como prevenir, identificar e controlar os ataques de ansiedade. Em seguida, vamos discutir uma série de recomendações para resolver o problema:

Tipos e sintomas de ansiedade

Conhecer os sintomas é essencial para a detecção precoce de uma crise. Eles podem ser:

Ansiedade fisiológica

– Taquicardia ou aumento do ritmo cardíaco (palpitações). Pressão arterial elevada.
– Tensão muscular: tremores ou agitação.
– Suor frio ou quente. Calafrios ou ondas de calor.
– Aperto no peito.
– Sensação de falta de ar ou asfixia.
– Desconforto abdominal e náuseas.
– Tonturas ou vertigens.
– Hiperventilação como um resultado do aumento da taxa respiratória.
– Desmaio e inconsciência devido a hiperventilação.
– Rigidez muscular, especialmente nas extremidades.
– Formigamento e dormência nas mãos e pés.

Ansiedade cognitiva ou motora

– Hiperatividade.
– Dificuldade de expressar-se verbalmente e/ou gagueira.
– Interrupção da coordenação motora.
– Preocupação e insegurança.
– Sensação de perda de controle.
– Movimentos bruscos.
– Sintomas que podem ser confundidos com um ataque cardíaco ou asfixia.

Dicas para controlar uma crise de ansiedade

1 – Descobrir o que causa a ansiedade e quais são os seus sintomas

Há pessoas que estão cientes de que seus sintomas são causados por ansiedade. O primeiro passo para a recuperação é saber o que está acontecendo e perceber os sintomas. Taquicardias, sudorese, aumento da temperatura, dificuldade em dormir, dores de estômago, etc., são alguns deles. Então, devemos descobrir os fatores que causam a ansiedade e tentar evitá-los ao máximo.

2 – Desviar a atenção do problema

Quando você sofre de ansiedade, geralmente, está constantemente focado em um problema. Por isso, é preciso aprender a relaxar e ocupar a mente com algo relaxante e prazeroso para não ficar pensando no problema.

3 – Respire profundamente

Relaxe com profundas respirações lentas e completas. Acalme-se, lembrando que você só está tendo um ataque de ansiedade e que não está acontecendo nada mais grave do que isso. Continue respirando de forma lenta e profunda. As profundas respirações ajudam a relaxar o corpo, que é o primeiro passo para parar o excesso de adrenalina que preenche o seu corpo e acalmar você.

4 – Controlar a respiração

Para controlar a respiração, você deve ser colocado em uma posição confortável, sentado ou em pé, com a mão em seu peito e outro no abdômen, mas sem pressionar. Comece a respirar como faz normalmente e sinta-a através das mãos. Preste atenção em sua respiração e inspire pelo nariz e solte o ar com cuidado observando como os pulmões são esvaziados. É aconselhável repetir esse exercício diariamente para aperfeiçoá-lo.

5 – Pense no presente

O melhor remédio para ansiedade é se concentrar no presente, o passado não pode mudar um único segundo, então por que desperdiçar sua energia em algo que já aconteceu ou em um futuro que não existe, não temos controle sobre isso, não faz sentido viver preocupados com alguma coisa que ainda não chegou, por isso é muito importante se concentrar no presente, aceitando tudo o que faz parte de nossos dias e procurar soluções para tudo o que é modificável.

Mais informações

Apesar de ser algo comum e natural, a ansiedade é um problema terrível que pode atrapalhar muito nossas vidas e prejudicar nossa saúde. Por isso, é importante buscar maneiras de controlar essa situação para que possamos ter uma melhor qualidade de vida.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados:
    Contador de Visitas