Para que serve o Secnidazol e quais seus efeitos colaterais

Para que serve o Secnidazol e quais seus efeitos colaterais

O secnidazol é um medicamento antiparasitário (elimina parasitas), indicado para o tratamento de infecção por vermes, como a amebíase e a giardíase. O nome comercial deste medicamento é Secnidal, mas também existem outras versões genéricas.

Esse medicamento age eliminando os vermes ao alterar seu DNA. Outros fármacos com o mesmo efeito que você pode encontrar são: Deprozol, Secnaxidol, Secni-Plus ou Secnizol.

Secnidazol bula

Apresentação de Secnidazol. Uso oral e adulto. Laboratório: Medley.

Composição de Secnidazol, comprimidos revestidos de 1000 mg: embalagens com 2 ou 4 comprimidos.

  • – secnidazol hidratado ……. 1050 mg – (correspondente a 1000 mg de secnidazol)
  • – excipientes q.s.p. ……….. 1 comprimido
  • – (celulose microcristalina, amido, dióxido de silício, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol)

Secnidazol para que serve

O secnidazol é um derivado sintético do grupo dos nitroimidazóis. A sua atividade antiparasitária é eficaz para combater:

  • – Giardíase, causada pelo protozoário Giardia lamblia
  • – Amebíase intestinal sob todas as formas, causada pela presença de amebas no intestino
  • – Amebíase hepática, causada pela presença de amebas no fígado
  • – Tricomoníase, doença sexualmente transmissível, causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis

Secnidazol posologia

Siga corretamente a forma de administração deste medicamento conforme indicação de seu médico ou farmacêutico e depois de ler atentamente sua bula. Em caso de dúvidas, fale com um médico ou farmacêutico.

Secnidazol deve ser ingerido de forma oral e com a ajuda de um copo de água, antes das refeições, preferivelmente à noite, após o jantar. Não parta ou mastigue este medicamento.

A dose deste medicamento geralmente varia de acordo com seu peso, idade e tipo de parasita que você tem, conforme indicação de um médico. Respeite sempre os horários, doses e duração do tratamento. Não interrompa a administração de secnidazol sem o conhecimento do seu médico.

O secnidazol não deve ser administrado com fármacos cuja composição inclui álcool etílico, nem com bebidas alcoólicas, uma vez que pode ocorrer dores, mal-estar, hipotensão grave, taquicardia, rubor e vômitos. Por esta razão, bebidas alcoólicas devem ser evitadas durante o tratamento, incluindo até 4 dias após sua conclusão.

Secnidazol efeitos colaterais

Os efeitos secundários mais comuns deste medicamento incluem reações de hipersensibilidade, com os seguintes sintomas:

  • – Febre
  • – Eritema (vermelhidão)
  • – Urticária (erupção na pele que causa coceira)
  • – Angioedema (inchaço em região subcutânea ou em mucosas
  • – Reação anafilática (alérgica)

Outros sintomas raros, que podem ocorrer são:

  • – Distúrbios digestivos, tais como: náuseas, gastralgia (dor no estômago), alteração do paladar (gosto metálico), glossites (inflamação da língua) e estomatites (inflamação da mucosa da boca)
  • – Erupções na pele com vermelhidão e saliência
  • – Leucopenia moderada (diminuição do número de glóbulos brancos no sangue), reversível com a suspensão do tratamento

Mais raramente ainda podem ocorrer:

  • – Fenômenos neurológicos como vertigens
  • – Fenômenos de incoordenação (irregularidade de coordenação dos movimentos)
  • – Parestesias (sensação anormal como ardor, formigamento e coceira na pele)
  • – Polineurites sensitivo-motoras (inflamação de um nervo periférico ou craniano)

Está não é uma lista completa dos efeitos colaterais deste medicamento, por isso, se você perceber essas e outras alterações, procure um médico rapidamente.

Precauções e avisos

Não utilize este secnidazol se for alérgico a este medicamento ou a qualquer outro medicamento. Antes de tomá-lo, fale para seu médico todas as suas condições de saúde e outras substâncias que possa estar usando, incluindo outros fármacos, vitaminas e suplementos, mesmo que sejam de plantas naturais.

Secnidazol deve ser evitado em pacientes com distúrbios neurológicos, doença grave do fígado e com antecedentes de discrasia sanguínea (alteração envolvendo os elementos celulares do sangue).

Tome especial cuidado com secnidazol se estiver tomando um anticoagulantes, lítio ou fenobarbital. Pergunte ao seu médico como controlar os possíveis efeitos indesejáveis ​​da co-administração de qualquer um destes medicamentos com secnidazol.

Observou-se uma ligeira diminuição na contagem de glóbulos brancos durante o tratamento com secnidazol, por isso recomenda-se fazer análises ao sangue antes e depois do tratamento, especialmente se for necessário repetir o tratamento em doentes com amebíase e tricomoníase.

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente quaisquer medicamentos, ou se receber tratamento para problemas renais ou para qualquer doença presente como antiácidos, sucralfato, mesmo aqueles sem receita médica.

Secnidazol aumenta os efeitos de anticoagulantes (varfarina, acenocumarol), de modo que a administração concomitante com estas drogas podem aumentar o risco de hemorragia.

A administração deste medicamento simultânea com derivados de lítio aumenta o risco de toxicidade devido ao antidepressivo.

Não administre secnidazol simultaneamente com dissulfiram (medicamento utilizado para dependência de álcool), uma vez que pode causar sintomas neurológicos, tais como confusão e delírio.

Secnidazol pode interferir com testes de função hepática, mascarando os resultados desses testes, dando valores mais baixos do real. Esta substância também pode interferir na determinação da glicemia obtida pelo procedimento da hexoquinase.

O secnidazol não deve ser administrado durante a gravidez, especialmente durante o primeiro trimestre. Além disso, este medicamento pode passar para o leite materno, por isso não deve ser administrado a mães lactantes.

Este medicamento não deve ser usado em crianças com menos de 2 anos de idade. Em relação aos idosos, não há advertências ou recomendações especiais de uso de secnidazol.

Não foram observados efeitos adversos. No entanto, no caso de aparecimento de tonturas ou outros efeitos adversos que possam impedi-lo de realizar certas atividades, evite conduzir e utilizar máquinas potencialmente perigosas.

Secnidazol preço

Os valores desse medicamento podem variar dependendo da drogaria adquirida e do laboratório. Geralmente, os preços variam de 3 a 30 reais.

Mais informações

Secnidazol é bastante eficaz para o tratamento de vermes e parasitas quando respeitado exatamente as instruções de utilização fornecidas pelo seu médico. Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Este artigo te ajudou?
  • +5 curtiram
  • -2 não curtiram