Saiba como fazer tapioca, seus benefícios e se ela engorda ou emagrece

Saiba como fazer tapioca, seus benefícios e se ela engorda ou emagrece

Tapioca é um amido feito a partir da fécula de mandioca, que pode ser comprada como grânulos, flocos e pós. Você pode fazer pratos salgados e doces com tapioca, ou simplesmente usá-la como agente espessante. Naturalmente baixo em gordura e rica em carboidratos, a tapioca pode ser usada no lugar de amido de milho ou farinha para engrossar molhos e sopas.

Tapioca é quase inteiramente carboidratos de amido e contém muito pouca proteína, fibra ou nutrientes. As pessoas que limitam o consumo de carboidratos ou que estão preocupadas quanto ao consumo de amidos que afetam os níveis de açúcar no sangue podem achar que a tapioca é uma opção pouco saudável. A tapioca está no topo da escala do índice glicêmico. O índice glicêmico mede a rapidez com que os níveis de açúcar no sangue aumentam após o consumo.

A tapioca tornou-se popular recentemente como uma alternativa sem glúten ao trigo e outros grãos. No entanto, há muita controvérsia sobre esse alimento. Alguns afirmam que tem inúmeros benefícios para a saúde, enquanto outros dizem que é prejudicial.

Como fazer tapioca?

O processo de produção da tapioca varia de acordo com a localização, mas envolve sempre espremer o líquido amiláceo da raiz de mandioca. Uma vez que o líquido amiláceo foi retirado, a água é colocada para evaporar. Quando toda a água evaporou, um pó de tapioca fino é o que resta.

Em seguida, o pó é processado na forma preferida, como flocos ou grânulos. A farinha de tapioca é muitas vezes confundida com farinha de mandioca, que é feita também da raiz de mandioca. No entanto, a tapioca é feita a partir do líquido amiláceo que é extraído da raiz de mandioca.

Receita de tapioca

Tapioca pode ser usada de diversas maneiras, incluindo cozinhar e assar. No entanto, a maioria das receitas são para sobremesas doces.

A goma de tapioca é um dos produtos mais usados da tapioca, com ela se faz o beiju, um alimento típico indígena e que é mais conhecido pelo nome de tapioca.

O beiju pode ser preparado doce ou salgado. Veja como preparar a massa de tapioca para fazer o beiju tradicional a seguir:

Ingredientes

  • – Goma de tapioca
  • – 1 Pitada de Sal (vale para doce ou salgada)
  • – Coco Ralado a gosto
  • – Queijo Coalho a gosto

Preparo

  • – Peneire uma porção de goma de tapioca
  • – Acrescente a pitada de sal
  • – Preaqueça uma frigideira antiaderente
  • – Polvilhe goma de tapioca na frigideira preenchendo toda sua superfície
  • – Passe uma colher sobre a goma para torna-la plana e uniforme
  • – Deixe-a na frigideira por cerca de 5 minutos
  • – Após a massa estar pronto, basta acrescentar o recheio e enrolá-la

Essa é a receita típica da tapioca, a partir do preparo da massa, você pode acrescentar o recheio de sua preferência, sendo ela doce ou salgada.

Como dissemos, com esse ingrediente pode-se fazer várias receitas, veja agora como preparar o bolo de tapioca que não vai ao fogo.

Ingredientes

  • – 500 gramas de tapioca granulada
  • – 2 xícaras de chá de açúcar
  • – 1 litro de leite morno
  • – 200 gramas de coco ralado
  • – 1 vidro de leite de coco pequeno
  • – 1 lata de leite condensado

Preparo

  • – Misture a tapioca com o açúcar e vá acrescentando o leite aos poucos
  • – Quando começar a ficar cremosa, deixe essa mistura descansar por 10 minutos, para que a tapioca cresça um pouco
  • – Após, junte o coco e o leite de coco, sem deixar de mexer bastante
  • – Unte uma forma com leite condensado e coloque a mistura feita anteriormente
  • – Leve à geladeira por 2 horas
  • – Retire da geladeira, desenforme e sirva

Benefícios da tapioca

1- Sem glúten

As dietas sem glúten tornaram-se mais comuns, mesmo para pessoas que não foram diagnosticadas com doença celíaca, condição em que seu corpo não pode tolerar até mesmo as quantidades mais ínfimas de glúten, que é uma proteína. Como a tapioca é feita de mandioca, é naturalmente sem glúten, tornando-se uma substituta ideal para uma dieta sem glúten.

2 – Baixo teor de sódio

A tapioca é naturalmente baixa em sódio, contendo apenas 2 miligramas por porção de 1 copo. O limite superior diário para o sódio é de 2.300 miligramas para adultos. O limite cai para 1.500 miligramas se você tem mais de 51 anos, você é afro-americano ou tem história de doença cardíaca. Uma dieta com alto teor de sódio está associada à hipertensão arterial, doença cardíaca e acidente vascular cerebral.

3 – Sem colesterol

A tapioca é livre de colesterol. O colesterol alto pode causar acúmulo de placa nas artérias, que é conhecido como aterosclerose. Se não tratada, a aterosclerose pode levar à angina, ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.

4 – É fácil de digerir

A tapioca é conhecida por ser de fácil digestão. Por isso, pode ser recomendada como fonte de calorias e energia para pessoas com certas condições como síndrome do intestino irritável e diverticulite.

5 – Fonte de folato

O folato é uma vitamina B que seu corpo precisa para diversas funções. O folato também é crítico para as mulheres grávidas para evitar defeitos do tubo neural do bebê, como a bífida espinhal. A deficiência de folato também pode causar anemia.

6 – Fonte de manganês

Uma xícara de farinha de tapioca fornece 8% do manganês que seu corpo precisa a cada dia. O manganês é um mineral essencial que ajuda seu corpo a metabolizar carboidratos, colesterol e aminoácidos. Ele também contribui
para o desenvolvimento de tecido ósseo e conjuntivo.

7 – Fonte de ferro

Tapioca é uma boa fonte de ferro. Uma xícara de tapioca fornece mais de 13% de seu valor diário recomendado desse mineral. O ferro é encontrado na hemoglobina, uma proteína que transporta oxigênio para todas as partes do seu corpo. Se você não obtém ferro suficiente, você pode desenvolver anemia ferropriva. Esta condição pode causar efeitos colaterais sérios, como falta de ar, fadiga e dor torácica.

8 – Dá saciedade

Os carboidratos e a fibra na tapioca ajudam a dar saciedade. Enquanto a tapioca não pode ser aclamada como um alimento para perda de peso, pode ajudá-lo mais tempo e combater a fome. Isso pode diminuir as chances de comer demais.

Diabético pode comer tapioca?

A tapioca pode ser sim consumida por diabéticos, desde que seja na dose certa, que o diabético também cuide de sua alimentação e mantenha um controle sobre a doença.

A tapioca é rica em carboidratos e tem um alto índice glicêmico, o que causa uma elevação rápida do açúcar no sangue. Portanto, o consumo da tapioca deve ser feito com moderação por diabéticos.

Tapioca engorda?

Há uma grande discussão sobre se a tapioca engorda ou emagrece. Vale ressaltar que esse alimento têm seu valor nutricional quase todo de carboidratos de alto índice glicêmico, e sabemos que os carboidratos podem causar o ganho de peso, principalmente em excesso, tanto que muitas dietas para emagrecer excluem quase que totalmente os carboidratos.

Mas além da tapioca em si favorecer o ganho de peso, os outros ingredientes que são usados nas receitas com tapioca são geralmente muito calóricos e também favorecem o ganho de peso.

Tapioca emagrece?

Como dito acima, a tapioca não emagrece e ainda pode engordar, no entanto, algumas pessoas acreditam que, pelo fato desse alimento causar uma certa saciedade, ela pode sim contribuir para a perda de peso, pois pode fazer com que uma pessoa coma menos durante o dia.

Mas para emagrecer realmente, é preciso ter uma alimentação saudável e praticar alguma atividade física, para que sua ingestão calórica diária seja menor que seu gasto calórico ao dia.

Mais informações

A tapioca é amido quase puro e contém muito poucos nutrientes. Por si só, não possui benefícios impressionantes para a saúde ou efeitos adversos. No entanto, pode ser útil para pessoas que precisam evitar o glúten, pois pode se encaixar num plano de alimentação saudável quando comida com moderação.

Este artigo te ajudou?
  • +5 curtiram
  • -3 não curtiram