Exercícios inúteis que realizamos para alguns propósitos

Exercícios inúteis que realizamos para alguns propósitos

A genética tem um papel importante em nosso desempenho esportivo, ela determina maiores habilidades em um esporte do que em outro, mas não afeta em absoluto a forma física. Para ser um consagrado atleta campeão ou um amador em boa forma, não é algo decretado pela genética, é preciso aprender e trabalhar. No entanto, existem alguns exercícios que são inúteis para alguns fins e continuamos a fazer. Você gostaria de saber quais são?

1 – Perder barriga fazendo abdominais

Esta é uma das crenças mais persistentes e generalizadas sobre atividade física. No entanto, não é possível perder gordura fazendo exercícios localizados. Assim, deve esquecer a publicidade de equipamentos de ginástica que afirmam o contrário.

Durante o esforço físico, as gorduras queimadas pela ação muscular são canalizados através da corrente sanguínea e procedem por todo o corpo. Assim, fazer abdominais não queima gordura abdominal. Correr faz você eliminar gordura em torno do corpo.

A melhor maneira de obter um grande desgaste energético para perder peso, está na prática de exercícios cardiovasculares.

2 – Alguns minutos de exercícios cardiovasculares por semana são suficientes

A atividade física regular melhora a resistência cardiovascular. Mas, para que os efeitos do treinamento sejam benéficos, é preciso que aumentem a frequência cardíaca entre 60% e 80% do seu máximo. Especificamente, este corresponde a média de uma sessão de mais de trinta minutos, três vezes por semana. No caso das atividades menos intensas, como caminhar, é necessário manter o esforço de todos os dias.

3 – Alongamento antes do treino

É um mito recorrente entre os atletas. Realizar apenas um alongamento estático antes do exercício, se estende tanto a fibra muscular que aumenta o risco de lesões.

Para alguns esportes, como ginástica, por exemplo, você deve desenvolver a flexibilidade antes do exercício, e pode combinar alongamentos estáticos e dinâmicos. O ideal para iniciar a sessão de treinamento é reproduzir os movimentos do esporte, primeiro suavemente, depois, gradualmente, acentuando a intensidade.

4 – Suar elimina toxinas

A sudoração não é realmente nenhuma maneira de remover toxinas. Uma análise científica realizada em 1962 determinou os componentes bioquímicos de suor: é composto por água (99%) e minerais (eletrólitos). Toxinas e todas as substâncias tóxicas são filtrados pelo fígado e os rins, e não através do suor.

5 – Parar o treinamento após estar em forma

Manter uma boa condição física não termina nunca, pois você sempre corre risco de retroceder se parar de se exercitar. A equação é simples: uma vez que atingiu uma boa forma, deve continuar nessa direção e praticar exercícios duas a três vezes por semana.

Sem dúvida, existem muitos mitos sobre os exercícios, hoje desmentimos alguns para não perder tempo com atividades que não funcionam.

Este artigo te ajudou?
  • +3 curtiram
  • -1 não curtiram