Como funciona a criolipólise e quais os riscos desse procedimento

Como funciona a criolipólise e quais os riscos desse procedimento

Nos últimos anos, várias modalidades tornaram-se disponíveis para a redução não invasiva do tecido adiposo, incluindo a radiofrequência, laser de baixo nível e ultra-som focalizado de alta intensidade. Outra opção bastante usada é a criolipólise, que vamos conhecer mais sobre este procedimento e quais riscos.

O que é criolipólise

A criolipólise é uma técnica não-cirúrgica para a redução localizada da gordura. Com o aumento do risco de complicações de métodos mais invasivos, como a lipoaspiração, a criolipólise apresenta um método promissor para o contorno corporal não-cirúrgico.

A criolipólise usa baixas temperaturas para quebrar as células de gordura. As células de gordura são particularmente suscetíveis aos efeitos do frio, ao contrário de outros tipos de células. Enquanto as células de gordura congelam, a pele e outras estruturas são poupados de lesões.

Este é um dos mais populares tratamentos de redução de gordura não-cirúrgicos, com mais de 450.000 procedimentos realizados em todo o mundo.

Como é feita a criolipólise

Após uma avaliação das dimensões e forma do local a ser tratado, é escolhido um aplicador do tamanho e curvatura apropriados. A área de gordura é marcada para identificar o local de colocação do aplicador. Um gel é aplicado para proteger a pele. O aparelho é colocado e a pele, juntamente com gordura localizada é sugada. A temperatura dentro do aplicador cai intensamente, causando a destruição das células de gordura. Os pacientes às vezes experimentam o desconforto do vácuo ao puxar o seu tecido, mas isso se resolve em poucos minutos, uma vez que a área fica dormente. Não é necessário anestesia.

Os pacientes geralmente assistem TV, usam seu telefone ou leem durante o procedimento. Após o tratamento de uma hora, o vácuo é desligado, o aplicador é removido e a área é massajada, o que pode melhorar os resultados finais.

Este procedimento pode ser feito em algumas partes do corpo, pois o aparelho é adaptado para cada área do corpo. Além disso, você não precisa de nenhuma preparação para realização da criolipólise.

Criolipólise funciona

A eficácia clínica da criolipólise foram estudadas tanto em modelos humanos como em modelos animais. Em dois estudos separados, modelos animais demonstraram uma redução de até 1 cm ou 40% da espessura total da camada de gordura após uma única exposição sem danificar a pele sobreposta.

Vários estudos em humanos mostraram resultados comparáveis. Um estudo publicado em 2009, envolvendo dez indivíduos relatou uma redução de 20,4% e 25,5% na camada de gordura em 2 meses e 6 meses após o tratamento, respectivamente.

Mais recentemente, um estudo multicêntrico retrospectivo usando levantamentos de pacientes, documentação fotográfica e medições relatou que 86% dos 518 indivíduos envolvidos na pesquisa apresentaram melhora. Os locais do corpo nos quais a criolipólise foi mais eficaz foram o abdômen, costas e flanco. Os pacientes preencheram um questionário de satisfação, com 73% relatando estarem satisfeitos e 82% recomendariam a criolipólise a um amigo. A maioria descreveu um mínimo de desconforto tolerável durante o procedimento.

A duração de longo prazo do efeito da criolipólise ainda não foi avaliada. Apenas um pequeno estudo de caso de dois indivíduos que foram tratados unilateralmente em um flanco e seguidos fotograficamente por até 5 anos após o procedimento foi publicado. Neste estudo, a redução de gordura foi encontrada para ser durável, apesar das flutuações no peso corporal. Apesar do pouco que se sabe sobre a durabilidade da perda de gordura induzida pela criolipólise, não há evidências de que a gordura perdida após a exposição ao frio pode regenerar-se.

Criolipólise resultados

Os resultados da criolipólise podem ser percebidos por até 15 dias após o procedimento, mas são progressivos e as células de gordura lesadas são gradualmente eliminadas pelo corpo ao longo de 8 meses. Durante esse tempo a protuberância gordurosa diminui em tamanho, com uma redução média de gordura de cerca de 20%.

Passado esse período de eliminação da gordura congelada, o paciente deve procurar novamente seu cirurgião para uma avaliação do resultado e, se necessário, a realização de uma nova sessão.

criolipólise antes e depois

Confira abaixo uma foto que mostra o uso da criolipólise antes e depois em uma paciente:

Contra indicações da criolipólise

Há contra indicações para pessoas com problemas relacionados ao frio, como crioglobulinemia, urticária, hemoglobinúria paroxística do frio, além de pessoas com infecções na pele, que passaram por uma cirurgia recente ou gestantes. Pacientes com pele frouxa também podem não ser candidatos adequados para o procedimento.

Recuperação pós criolipólise

Não há restrições de atividade após fazer a criolipólise. Os pacientes às vezes se sentem doloridos, como se tivessem trabalhado a área. Raramente os pacientes sentem dor. Se isso acontecer, o paciente deve entrar em contato com o cirurgião plástico, que pode prescrever medicação por alguns dias.

Criolipólise riscos

A taxa de complicações relacionadas a criolipólise é baixa e a taxa de satisfação é alta. Existe o risco de irregularidades na superfície e assimetria. Os pacientes também podem não obter o resultado que esperavam. Raramente, em menos de 1%, os pacientes podem ter hiperplasia de gordura paradoxal, que é um aumento inesperado no número de células de gordura. Este efeito é três vezes mais provável de ocorrer nos homens do que nas mulheres.

Além disso, várias publicações, incluindo duas revisões sistemáticas da literatura, não conseguiram identificar quaisquer eventos adversos significativos que pudessem ser atribuídos à criolipólise, incluindo cicatrização, ulceração ou desfiguração. Os efeitos secundários esperados são hematomas e entorpecimento transitório que normalmente desaparecem dentro de 14 dias após o tratamento.

Com mais de 850.000 procedimentos realizados em todo o mundo, apenas 850 eventos adversos foram relatados. A queixa mais comum é a dor de início tardio, ocorrendo 2 semanas após o procedimento, que se resolve sem intervenção.

Criolipólise preço

O preço da sessão da criolipólise é em torno de 500 e 700. Você pode encontrar clínicas de estética e consultórios médicos especializados para a realização deste procedimento nas grandes cidades.

Mais informações

A criolipólise é um procedimento não-cirúrgico promissor para a redução de gordura localizada e contorno corporal, além de ser alternativa atraente para a lipoaspiração e outros métodos mais invasivos. Além disso, tem poucas contra indicações e efeitos colaterais. Ao fazer este procedimento, procure lugares especializados e profissionais de saúde experientes.

Este artigo te ajudou?
  • +2 curtiram
  • 0 não curtiram