Anorexia: como detectar os primeiros sintomas

Anorexia: como detectar os primeiros sintomas

Os vários transtornos alimentares, como a anorexia, não são fáceis de reconhecer, em sua primeira fase, no entanto, observar alguns sinais pode servir para nos alertar sobre isso.

O que é anorexia?

A anorexia ou anorexia nervosa, é um distúrbio alimentar psicológico e, possivelmente, com risco de vida, definido por um peso corporal extremamente baixo em relação à estatura, com perda de peso extrema e desnecessária. Além de medo ilógico do ganho de peso e percepção distorcida da auto-imagem e do corpo.

Mulheres e homens que sofrem de anorexia nervosa exemplificam uma fixação com uma figura magra e padrões alimentares anormais.

A anorexia e bulimia podem ser confundidas, mas tratam-se de transtornos alimentares diferentes. As pessoas com anorexia tendem a comer pouco e tentam perder peso ao ponto de chegar a níveis perigosos. Já as com bulimia nervosa têm episódios de compulsão alimentar e sentimentos de culpa, humilhação e auto-depreciação, seguidos de jejum e/ou vômitos forçados, uso inapropriado de laxantes, diuréticos ou outros medicamentos. Exercício físico excessivo também é uma característica.

Causas da anorexia

A anorexia não é uma desordem simples. Tem muitos sintomas e efeitos, e suas causas também são complexas. Atualmente, acredita-se que a anorexia se desenvolve como resultado de múltiplos fatores, tanto biológicos como ambientais.

Exemplos de fatores ambientais que contribuiriam para a ocorrência deste transtorno alimentar são:

  • – Os efeitos da cultura de magreza na mídia, que reforçam constantemente pessoas magras como estereótipos ideais
  • – Profissões e carreiras que promovem a perda de peso, como balé e moda
  • – Traumas familiares e infantis: abuso sexual infantil ou outro trauma grave

Exemplos de fatores biológicos incluem:

  • – Funções hormonais irregulares
  • – Genética (o vínculo entre a anorexia e os genes de alguém ainda está sendo pesquisado, mas sabemos que a genética pode estar envolvida)
  • – Deficiências nutricionais

Sintomas de anorexia

Normalmente, as pessoas que sofrem de anorexia, inicialmente tendem a ter um comportamento normal. Elas podem dizer que estão em uma dieta, e ninguém se preocupa com uma atitude tão comum nos dias de hoje. Com o passar do tempo determinados sinais mais marcantes podem surgir, como por exemplo, os que se tornam obsessivos.

Comportamentos como: comer tudo diet ou light, ou contar calorias de absolutamente tudo o que é consumido, podem ser indícios. Devemos levar em conta todos os sintomas quando suspeitamos que alguém sofre de anorexia.

As dietas restritas são muito procuradas por quem sofre de anorexia, e geralmente essas pessoas tem uma vontade de segui-las à risca. Outros sintomas de anorexia que podem ser observados ao longo do tempo são os seguintes:

  • – Aparência exageradamente magra
  • – Enzimas hepáticas elevadas
  • – Seguir uma dieta exagerada apesar de estar perigosamente abaixo do peso
  • – Fadiga e cansaço
  • – Obsessão com calorias e teor de gordura dos alimentos
  • – Tonturas ou desmaios
  • – Apreensão
  • – Depressão
  • – Unhas quebradiças e queda de cabelo
  • – Falta de menstruação (amenorreia)
  • – Batimentos cardíacos irregulares
  • – Pressão baixa (hipotensão)
  • – Desidratação
  • – Aparecimento de lanugem (cabelo fino nas extremidades)
  • – Prisão de ventre
  • – Ressecamento da pele
  • – Intolerância ao frio
  • – Descalcificação óssea e osteoporose
  • – Evitar funções sociais, familiares e amigos. Pode tornar-se isolado e retirado

A anorexia, como outros distúrbios alimentares é uma condição muito grave, é preciso prestar ajuda incondicional a aqueles que estão com o problema, porque muitas vezes essas pessoas não são capazes de reconhecer que eles têm um problema. Eles se veem com muita gordura, quando na verdade estão extremamente magros.

Aqueles que sofrem de anorexia podem enfraquecer e ficar desnutridos, a ponto de chegar a morte. Também é muito comum que essas pessoas realizem atividades físicas muito intensas, a qualquer momento eles podem ir praticar alguma atividade física, porque sabem que, assim, conseguem perder calorias e, portanto, perder peso. Por isso a frequência com que eles fazem exercícios aumenta muito. Essas pessoas não se alimentam corretamente, pois se sentem culpados, achando que estão comendo uma quantidade enorme de calorias.

A anorexia não é uma doença que pode ser tratada sem assistência médica e psicológica, de alguma forma, é uma condição autodestrutiva que tem muito componente emocional. Então, se você conhece alguém que está sofrendo com esse problema, o melhor que você pode fazer é ajudar essa pessoa a aceitar visitar um profissional.

Fatores de risco

Certos fatores de risco aumentam o risco de anorexia nervosa, incluindo:

Ser do sexo feminino: A anorexia é mais comum em meninas e mulheres. No entanto, meninos e homens têm desenvolvido cada vez mais distúrbios alimentares, talvez por causa das crescentes pressões sociais.

Idade jovem: A anorexia é mais comum entre adolescentes. Ainda assim, as pessoas de qualquer idade podem desenvolver esse transtorno alimentar, embora seja raro em pessoas com mais de 40 anos. Os adolescentes podem ser mais suscetíveis devido a todas as mudanças que seus corpos atravessam durante a puberdade. Eles também podem enfrentar uma maior pressão e serem mais sensíveis às críticas ou mesmo comentários ocasionais sobre o peso ou a forma do corpo.

Genética: Mudanças em certos genes podem tornar as pessoas mais suscetíveis à anorexia.

História familiar: Aqueles com um parente de primeiro grau (pai, irmão ou filho) que tiveram a doença têm um risco muito maior de anorexia.

Mudanças de peso: Quando as pessoas mudam de peso, seja de propósito ou sem querer, essas mudanças podem ser reforçadas por comentários positivos de outros para perder peso ou por observações negativas para ganhar peso. Tais mudanças e comentários podem desencadear alguém para iniciar uma dieta extrema. Além disso, a fome e a perda de peso podem mudar a forma como o cérebro funciona em indivíduos vulneráveis, o que pode perpetuar comportamentos alimentares restritivos e dificultar o retorno aos hábitos alimentares normais.

Transições: Quer se trate de uma nova escola, lar ou emprego. Uma ruptura de relacionamento, a morte ou a doença de um ente querido, essas mudanças podem trazer o estresse emocional e aumentar o risco de anorexia.

Atividades esportivas ou artísticas: Atletas, atores, dançarinos e modelos correm maior risco de anorexia. Os treinadores e os pais podem inadvertidamente aumentam o risco ao sugerir que os jovens atletas percam peso.

Mídia e sociedade: A mídia, como as revistas e TV, frequentemente apresentam modelos e atores magros. Essas imagens podem convencer alguém de que a magreza é sinal de sucesso e popularidade.

Anorexia tratamento

Dada a complexidade deste transtorno alimentar, é necessário uma equipe de tratamento profissional envolvendo médicos, nutricionistas e terapeutas para a recuperação desse transtorno. Um eficaz, tratamento da anorexia envolve três componentes necessários:

  • – Médico: A maior prioridade no tratamento da anorexia nervosa está em abordar quaisquer problemas de saúde graves que possam ter resultado da desnutrição, como um batimento cardíaco instável
  • – Nutricional: este componente engloba a restauração de peso, implementação e supervisão de um plano de refeições sob medida e educação sobre padrões alimentares normais
  • – Terapia: o objetivo desta parte do tratamento é reconhecer os problemas subjacentes associados ao transtorno alimentar, abordar e curar os eventos da vida traumática, aprender habilidades de enfrentamento mais saudáveis ​​e desenvolver a capacidade de expressar e lidar com as emoções

Mais informações

Anorexia é uma desordem psicológica complexa. Existem muitos sintomas de anorexia. Alguns são fáceis de detectar, outros mais difíceis. Se você suspeita de que alguém possa estar sofrendo com esse problema, tente aconselhá-la a procurar tratamento o quanto antes.

Este artigo te ajudou?
  • +3 curtiram
  • -1 não curtiram