Alimentação para diabéticos: dicas de dieta para manter a doença sob controle

Rudney Alimentos Saudáveis 07-12-16 Diabetes, diabetes mellitus, diabetes tipo 2 comentários

A diabetes afeta o corpo de muitas maneiras diferentes, e pode até mesmo ser fatal, mas suas escolhas alimentares também podem ter um grande impacto sobre o quanto esta condição afeta sua saúde. Uma dieta para diabéticos contendo grãos, proteínas, frutas, vegetais, gorduras e laticínios é a sua melhor aposta se quer manter uma vida normal com diabetes.

A diabetes tem sido chamada de uma pandemia moderna por alguns, já que mais de 350 milhões de pessoas ao redor do mundo são afetadas por ela. Essa doença vem em duas formas primárias, tipos I e II, mas há também a diabetes gestacional, que é limitada a mulheres grávidas.

Estas duas formas de diabetes referem-se à deficiência de seu corpo em relação a produção de insulina e o equilíbrio da glicose. Quando nós consumimos carboidratos que se transformam em açúcares simples, o açúcar no nosso sangue sobe. A insulina é responsável pelo transporte de glicose para as células do organismo, onde pode ser utilizada para a produção de energia. Agora, no caso de diabéticos, ou o corpo é incapaz de produzir insulina suficiente ou não consegue utilizar a insulina que produz.

A diabetes é uma condição que pode ser afetada pela sua dieta, e seu nível de ingestão de açúcar, por isso, a alimentação para diabéticos, é muito importante para controlar a doença. Como mencionado acima, há alguns tipos de alimentos que são bons, bem como outros que essas pessoas devem evitar ou moderar seu consumo.

Agora, vamos explicar o esquema dietético apropriado de alimentação para diabéticos, mas que também serve como uma medida preventiva para aqueles que estão em risco dessa doença.

Dicas de dieta para diabéticos

Amidos e Grãos (carboidratos)

Obviamente, o item alimentar mais relevante para um paciente diabético são os carboidratos. Muitas pessoas desenvolvem diabetes por causa do consumo sem controle desses alimentos. Os amidos podem vir de várias formas, incluindos no pão, arroz, batata e massas, entre muitos outros tipos de grãos, como milho, e centeio. Algumas das piores escolhas nesta área são os cereais matinais e o pão branco, pois estes são alimentos processados feitos de farinha branca refinada.

Os carboidratos desses alimentos transformam-se em açúcares simples e muitas vezes sobrecarregam a capacidade de seus pâncreas para produzir insulina suficiente. O outro problema é que os amidos simples são muitas vezes adoçados com açúcar (por exemplo, bolos, sobremesas, doces), o que só agrava o problema. Uma correta alimentação para diabéticos significa fazer sacrifícios pessoais, mas perceber que vale a pena a longo prazo.

Se você é diabético, regular a ingestão de açúcar e carboidratos é de extrema importância. Amidos com açúcares mais complexos, tais como batatas doces, cereais e arroz integrais, e quinoa são as escolhas mais sábias quando se trata de carboidratos, mas mesmo assim, eles devem ser consumidos com moderação, de acordo com o tipo e gravidade da sua diabetes. Estes “melhores” amidos também têm mais concentrações de minerais e fibras, tornando-os benéficos para a regulação geral da saúde e de açúcar no sangue se você adicioná-los à sua dieta diabética.

Proteína

Em termos de proteína, se você for consumi-la através da carne, prefira aves e peixes. Estas fontes de proteína contêm níveis mais elevados de ácidos graxos ômega 3 e tendem a ser mais magras, em comparação com a carne vermelha. Consumir carnes processadas pode aumentar o seu colesterol e a sua pressão arterial. Estes são dois dos principais precursores da diabetes, e pode ser muito perigoso, em conjunto com esta condição.

Se você está em busca de fontes de proteína e é vegetariano, está em menor risco de diabetes, e também tem uma riqueza de opções, incluindo feijão, nozes e sementes. No entanto, alguns desses alimentos podem ser ricos em calorias, principalmente as sementes, e como um diabético, você deve evitar a obesidade em todos os custos.

Frutas

Na alimentação para diabéticos, você deve definitivamente incluir frutas e sucos de frutas naturais. Isto não só oferece uma riqueza de vitaminas, minerais e antioxidantes, mas também uma boa fonte de carboidratos que não são ricos em açúcares simples. As frutas podem melhorar o seu sistema imunológico, e a fibra que elas contêm pode otimizar seus níveis de açúcar no sangue e diminuir o risco de problemas cardiovasculares.

Sucos de frutas que são artificialmente adoçados, não fornecem muitos nutrientes e contêm muito mais açúcar, de modo que você evitá-los sempre que possível.

Vegetais

Mesmo no mundo dos vegetais, existem algumas escolhas melhores do que outras quando se trata de alimentação para diabéticos. Folhas verdes como espinafre e couve, brócolis e couve flor são as opções mais saudáveis, pois fornecem uma quantidade significativa de fibras e minerais, além de terem baixos níveis de calorias e carboidratos mais complexos.

Gordura

A obesidade é uma das condições mais comumente associadas ao diabetes, por isso, controlar a ingestão de gordura é extremamente importante. Quanto mais peso você ganhar, também estará aumentando a pressão sobre seu corpo para regular os níveis de açúcar no sangue. Gorduras saturadas e gorduras trans devem ser sempre evitadas, pois contribuem para níveis elevados de colesterol e aumentam os riscos para pacientes diabéticos.

Algumas gorduras, no entanto, são importantes para o seu corpo, como as gorduras monoinsaturadas e ácidos graxos ômega 3. Os alimentos que contêm estas gorduras, como nozes, salmão, atum, semente de linhaça, azeite de oliva, abacate e óleo de girassol, podem ser adicionados com segurança para a sua dieta diabética para reduzir a inflamação e prevenir o acúmulo de colesterol.

Lácteos

Produtos lácteos vem em uma variedade de níveis, isto é, com base no teor de gordura que se encontra incluído. Leite, iogurte e queijos gordos podem contribuir para a obesidade e colesterol alto, que deve ser evitado por alguém que sofre de diabetes. Opções de lácteos de baixo teor de gordura são facilmente acessíveis e vão fazer muito bem para você a longo prazo. Iogurte grego pode ser uma das melhores opções para a ingestão de produtos lácteos, pois é muito baixo em calorias e gorduras saturadas.

Mais informações

Essas são algumas dicas de alimentação para que você diabético consiga controlar a doença e tenha uma melhor qualidade de vida, mas também serve para aqueles que querem prevenir essa doença, pois estão em risco, como pessoas com histórico familiar de diabetes.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados:
    Contador de Visitas