10 alimentos para prevenir o câncer de próstata

Rudney Alimentos Saudáveis 12-11-15 Câncer de Próstata, próstata comentários

A natureza nos oferece uma variedade de alimentos que agem como protetor contra o câncer. Embora nenhuma dieta garante que vamos nos livrar desta doença, pois ela depende da combinação de vários fatores, alguns alimentos possuem propriedades e substâncias que já foram comprovadas para reduzir o risco dessa doença.

No Brasil, esse tipo de câncer é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás somente do câncer de pele. No mundo inteiro, é o sexto tipo mais comum e o que mais afeta os homens, representando cerca de 10% do total de cânceres.

Alimentos para prevenir o câncer de próstata

Tomate

Em relação ao câncer de próstata, um dos alimentos que não devem faltar em sua dieta é o tomate. Esse alimento sempre associado com a prevenção do câncer de próstata, isso por que tem quantidades elevadas de licopeno, que é responsável por sua cor vermelha característica. Precisamente esta substância é responsável pela proteção de células da próstata, impedindo assim sua deterioração.

Outros alimentos que não devem faltar na dieta na prevenção do câncer de próstata e que possuem licopeno incluem a cenoura, goiaba e mamão, entre outros… Esses alimentos não possuem quantidades tão elevadas quanto o tomate, mas são uma boa ajuda para alcançar melhores níveis desta substância no corpo e melhorar a proteção de células nesta área.

Melancia

A melancia também é uma boa fonte de licopeno. Tem vitamina C e beta-caroteno, que ajuda a livrar o corpo de células nocivas que podem levar ao câncer.

Vegetais verde-escuros

Os vegetais verde-escuros como a couve-flor, brócolis e espinafre também ajudam a reduzir o risco de câncer de próstata. Esse benefício é obtido porque esses alimentos são ricos em ácido fólico, um nutriente que combate a ação dos radicais livres nas células.

Soja

A soja fornece isoflavonas que são estrogênios vegetais. Estudos sugerem a isoflavona aumenta a apoptose das células cancerígenas, ou seja, sua capacidade de autodestruição.

Peixes

Peixes como salmão, arenque e sardinha, que são ricos em Omega-3, podem beneficiá-lo na prevenção do desenvolvimento e progressão do câncer de próstata. Um estudo conduzido na Suécia ao longo de 30 anos, mostrou que os homens que não comiam peixe em sua dieta foram três vezes mais propensos a desenvolver câncer de próstata. Ao contrário, dos que consumiam peixe regularmente como parte de sua dieta.

Chá verde

Por ser rico em uma substância chamada catequina, essa bebida é capaz de reduzir o crescimento das células cancerígenas e de testosterona, hormônio que está relacionado com o desenvolvimento desse tumor. Segundo um estudo do Centro Nacional Epidemiológico de Prevenção contra o Câncer, no Japão, tomar diariamente cinco xícaras de chá verde pode reduzir o risco de desenvolver o câncer de próstata em 50%.

Oleaginosas

As oleaginosas como a castanha do pará, nozes, amêndoa, avelã e amendoim são uma das melhores fontes naturais de selênio, um mineral com ação antioxidante que ajuda na renovação celular. Apenas duas nozes ao dia suprem a necessidade diária desse nutriente.

Vinho

De acordo com um estudo do Centro de Pesquisa do Câncer Fred Hutchinson (EUA), os homens que bebem cerca de quatro copos de vinho tinto por semana reduziram em 50% o risco de câncer de próstata. Este efeito é devido a essa bebida conter um antioxidante chamado resveratrol, que entre outras funções reduz os níveis de hormônios do sexo masculino, como a testosterona, que estimulam o crescimento destes tumores.

Cebola

A cebola em particular, é um excelente alimento anti-cancerígeno, não só para a próstata. Isto porque é rica em saponinas, todos os alimentos ricos nessa substância são também recomendados para evitar a ocorrência do câncer. As saponinas ligam-se a moléculas tóxicas e ao colesterol, eliminando-as de maneira natural.

Produtos lácteos

O leite e seus derivados contém cálcio, vitamina D e substâncias que ajudam no processo de autodestruição das células cancerígenas. No entanto, estudos demonstram que o consumo exagerado desses alimentos pode fazer o efeito contrário, aumentando o risco de desenvolver esse tipo de câncer.

Segundo um estudo da Universidade de Harvard, consumir mais do que meio litro de leite ao dia pode aumentar em 20% as chances de câncer de mama e de próstata. Uma das razões é que o cálcio em excesso diminui a absorção de vitamina D no organismo que, por sua vez, é essencial para a proteção do contra câncer de próstata.

Mais informações

Os sintomas do câncer de próstata podem levar um longo tempo, até anos para manifestar. Por isso, é essencial realizar exames de rotina preventivos para detectar a doença e começar o tratamento o quanto antes.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: