Prevenção do câncer

Rudney Câncer, Destaque, Doenças 19-07-14 fatores que aumentam o risco de desenvolver câncer, prevenção do câncer comentários

Pare de fumar: O cigarro é um fator de risco para o desenvolvimento de muitos tipos de câncer, especialmente câncer de pulmão. Na verdade, 30% das mortes por câncer estão relacionados ao tabagismo.

Evite a obesidade: Sobrepeso e obesidade são fatores que aumentam o risco de desenvolver câncer. Além disso, problemas de peso geralmente se relacionam com uma dieta rica em gorduras e pobre em alimentos saudáveis. Alimentação pouco saudável aumenta o risco de desenvolver câncer.

O exercício físico regular: Exercício é muito benéfico para a saúde e tem uma influência direta sobre a prevenção de doenças, incluindo câncer. Especialistas dizem que o exercício moderado em uma base regular ajuda a reduzir entre 30 e 50% o risco de desenvolver câncer.

Uma alimentação saudável: Uma alimentação inadequada tem uma influência negativa sobre a saúde geral de uma pessoa, como dizem: “nós somos aquilo que comemos”. Muitos estudos alertam que a falha em seguir hábitos alimentares saudáveis ​​aumentam o risco de desenvolvimento de doenças como o câncer.

Consumir álcool regularmente: O consumo regular de álcool aumenta o risco de desenvolver câncer. Especialmente aqueles que afetam a cavidade oral, fígado, mama e cólon.

Evitar a exposição excessiva ao sol: Banho de sol pode ser muito benéfico para o corpo. Sim, se for feito com cautela e moderação. Para não afetar a saúde é necessário o uso de protetor solar, mesmo em dias nublados e evitar a exposição entre 10h e 16h.

Evite substâncias cancerígenas: Há muitas maneiras de minimizar a exposição a substâncias que podem aumentar o risco de desenvolver câncer. Uma é o de evitar um raio-x, quando puder, e, se necessário, deve sempre seguir as regras de proteção recomendadas por profissionais.

Exames preventivos: A partir dos 25 anos deve-se iniciar os testes para a detecção precoce de anomalias no colo do útero. O Papanicolau, detecta anormalidades que em 10 a 15 anos, podem evoluir para câncer do colo do útero.

Mamografias: Depois de 50 anos, recomenda-se que todas as mulheres se submetam a exames periódicos (a cada dois anos) deve-se fazer mamografia. Este teste pode detectar possíveis tumores que ainda não começaram a causar sintomas. A detecção precoce aumenta as chances de cura. Se houver histórico familiar é recomendado fazer os exames precocemente.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: