Verão: conheça as infecções mais comuns na piscina e como evitá-las

Rudney Destaque, Dicas Saúde 03-12-14 evitar infecções, infecções na piscina, saúde verão comentários

Pronto para desfrutar de uma merecida férias de verão? Tomar sol na praia ou se refrescar com um mergulho na piscina? Bem, não se esqueça de tomar as medidas de segurança necessárias para evitar as infecções mais comuns da pele, olhos ou ouvidos.

O cloro: o nosso pior inimigo

O cloro é geralmente um dos principais culpados de muitas infecções. Este desinfetante ajuda a manter a água da piscina livre de microrganismos, mas na nossa pele e mucosa pode ser bastante irritante, especialmente em crianças.

Olhos irritados

Para proteger-se do cloro das piscinas, o ideal é utilizar uma máscara ou óculos de proteção, porque os olhos são uma das partes do corpo mais sensíveis a infecções, irritações e incômodos. Algumas doenças, como a conjuntivite infecciosa pode manifestar-se vários dias após o banho, enquanto os sintomas irritativos aparecem algumas horas mais tarde. Coceira, lacrimejamento, olhos vermelhos… tudo isso pode ser evitado com o uso de óculos de proteção, especialmente para as crianças, que passam muitas horas na água da piscina.

Otite

Outra das infecções mais comuns é a de ouvido, conhecidas como otite. A umidade é um paraíso para os microrganismos que causam essa infecção.

Ao contrário de outros tipos de otite, as sofridas no verão por culpa da água da piscina, geralmente afetam geralmente o ouvido externo. E ao contrário do que muitas pessoas pensam, esta infecção é favorecida pelo uso inadequado de tampões de ouvido.

Como evitar esta infecção? Use protetores de ouvidos adequados ou produtos de prevenção para ajudar a secar a água restante após o banho. O melhor é consultar o seu médico para evitar este problema.

Problemas de pele

A pele tampouco se livra do desconforto causado pela água das piscinas. As pessoas propensas a acne ou que têm a pele particularmente sensível são as que mais sofrem. Nesses casos, é melhor limpar a nossa pele com uma boa ducha de chuveiro depois de sair da piscina. Embora produtos emolientes após o banho também podem ser úteis.

Fungos

Os fungos são uma outra infecção comum que geralmente aparece nos maus hábitos de algumas pessoas, como caminhar à beira da piscina, sem chinelos. A solução? Seque bem os pés após o banho e use um sapato aberto para evitar o calor e umidade da pele.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: