Usos e propriedades do óleo de alecrim

Rudney Dicas Saúde, Remédios caseiros 11-04-16 oleo de alecrim, oleo essencial de alecrim comentários

O óleo de alecrim é um tipo de óleo essencial que pode ser um grande aliado para tratar desde pequenos problemas de saúde ou ser usado para tratamentos de beleza. As propriedades curativas do óleo de alecrim podem ser classificadas de diversas maneiras, entre seus principais benefícios podemos notar que este óleo é ideal para aliviar a dor e melhorar o humor, entre muitos outros usos.

O que é o alecrim?

O alecrim é um belo arbusto verde com folhas em forma de agulha alongadas. As folhas aromáticas e suas flores são usadas para a produção do óleo essencial. Embora seja nativo das regiões costeiras do Norte de África e do Mediterrâneo, atualmente, o alecrim cresce em outras partes do mundo e é muito prolífico.

Nos tempos antigos, o alecrim foi usado como o símbolo universal da memória. Ao longo da história, o óleo de alecrim tem sido utilizado como um estimulante físico e mental, assim como um remédio para dores musculares e articulares, esquecimento, indigestão e dores de cabeça.

Como usar o óleo de alecrim

O óleo essencial de alecrim tem muitas qualidades notáveis. É um eficaz anti-séptico, um agente antibacteriano e antifúngico. Ele também tem excelentes propriedades antioxidantes.

Tal como lavanda, o alecrim é um dos poucos óleos essenciais que podem ser aplicados com segurança à pele na sua forma não diluída. Note que, por razões de segurança, o óleo de alecrim não diluído não deve ser usado por mulheres grávidas. (Este aviso aplica-se a todos os óleos essenciais, não apenas para o de alecrim).

Usos do óleo de alecrim

1 – Tratar dor muscular e nas articulações

Aplicado topicamente, o óleo de alecrim fornece tratamento eficaz para dores musculares e também nas articulações, como a artrite. Ele também ajuda a circulação e funciona especialmente bem em combinação com outros óleos essenciais como o de lavanda e hortelã.

2 – Curar feridas

Use com moderação em cortes e arranhões para acelerar a cicatrização de feridas.

3 – Estimulação física e mental

Use-o no banho para auxiliar no alívio de dores musculares e fadiga mental.

4 – Alivia a ansiedade e estresse

O alecrim reduz a ansiedade, especialmente quando combinado com óleo de lavanda. Também alivia o estresse por acalmar e relaxar os nervos.

5 – Aliviar e curar a pele escamosa áspera

Algumas gotas de óleo de alecrim misturadas com outro tipo de óleo, como o de coco reduz coceira e irritação da pele seca causada por psoríase, eczema e dermatite.

6 – Reduzir o mau hálito e proporcionar saúde bucal

Quando misturado com água, algumas gotas de óleo de alecrim ajudam a se livrar da halitose. Além disso, através da remoção de bactérias, o óleo essencial de alecrim pode evitar a gengivite e o excesso de acumulação de placa.

7 – Aliviar dores de cabeça

Aplique uma gota de óleo na parte da frente ou nas laterais da cabeça para aliviar dores de cabeça tensionais e enxaquecas.

8 – Tratar problemas respiratórios e congestão

Inalar ou utilizar aromaticamente esse óleo ajuda a tratar a congestão nasal associada a alergias, resfriados, gripes e infecções respiratórias.

9 – Cuida do cabelo e couro cabeludo

Algumas gotas desse óleo em um shampoo ou condicionador estimula os folículos pilosos e o crescimento do cabelo, e também proporciona alívio para a coceira no couro cabeludo e caspa.

10 – Melhora a concentração e memória

O alecrim aumenta a sua capacidade de se concentrar e lembrar das coisas.

11 – Repelente de insetos

Diluído em água, o óleo essencial de alecrim em um frasco de spray ajuda a repelir moscas e mosquitos.

12 – Controlar e prevenir a acne

Aplicado topicamente, o óleo essencial de alecrim contribui para reduzir a produção de sebo que causa surtos de acne.

Contra-indicações

O óleo de alecrim estimula o sistema nervoso e não deve ser usado por pessoas que sofrem de epilepsia ou de hipertensão. Pessoas com pele sensível devem evitar usá-lo porque é um óleo altamente concentrado e altamente estimulante. Caso não seja diluído perfeitamente ele pode irritar a pele, causando ardor, coceira e inchaço. Ele nunca deve ser ingerido e é aconselhável usá-lo sob a supervisão de um especialista e com a aprovação de um médico.

Mais informações

Como você pode ver, o óleo de alecrim tem uma série de usos, tanto para o corpo como para melhorar a saúde. No entanto, apesar de ser um produto natural, é aconselhável sempre consultar com um especialista antes de usá-lo e em caso de dúvidas.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: