Tratamentos para eliminar a gordura no fígado

Rudney Dicas Saúde, Tratamentos 12-01-16 esteatose, esteatose hepática, gordura no figado comentários

O excesso de gordura no fígado, também conhecida como esteatose hepática é uma doença do fígado, que pode levar a complicações para a saúde, já que em alguns casos não apresenta sintomas podendo progredir para estágios mais graves. Embora o fígado gordo não seja normal, geralmente não é grave, desde que não cause a inflamação ou outros danos a esse órgão.

O que é a esteatose heática

A esteatose hepática ocorre quando a gordura é mais do que 5% a 10% do peso do fígado. A maioria dos casos são diagnosticados em pessoas com diabetes ou com mais de 50 anos de idade. Muitas pessoas com gordura no fígado não desenvolvem quaisquer complicações.

Esta doença pode ser classificada em dois tipos, o fígado gordo causado pelo consumo excessivo de álcool e o fígado gordo não alcoólico.

O fígado gorduroso é o primeiro estágio da doença hepática relacionada ao álcool. O fígado, danificado pelo consumo excessivo de álcool, não é capaz de quebrar as gorduras e, portanto, elas se acumulam. A boa notícia é que, se o paciente deixa o álcool, a condição desaparece por si própria após cerca de seis semanas sem ingerir álcool. No entanto, se a pessoa continua com o consumo excessivo de álcool, a gordura no fígado pode evoluir para uma doença grave conhecida como cirrose hepática.

Sintomas

Quando essa doença hepática não é grave, geralmente não apresenta sintomas. Os avanços da doença podem causar fadiga, perda de peso ou perda de apetite, fraqueza, náuseas, dor no abdômen, sensação de peso no canto superior direito, especialmente após as refeições, confusão e falta de memória e dificuldade de concentração.

Causas

Algumas causas que levam pessoas a desenvolverem o excesso de gordura no fígado ainda não são conhecidas, mas sabe-se que algumas condições favorecem o aparecimento da doença, tais como:

– Obesidade
– Diabetes Mellitus
Colesterol alto
– Alguns medicamentos
– Hepatite viral
– Rápida perda de peso
– Desnutrição
– Cirurgias abdominais
– Gravidez

Não é necessário ter alguma destas condições para apresentar o acúmulo de gordura no fígado. Pessoas saudáveis e que consomem pouco álcool também podem desenvolver a doença, apesar de ser menos comum. As mulheres são mais propensas a desenvolverem esteatose hepática.

Tratamento para esteatose hepática

Não existe um tratamento específico para eliminar o excesso de gordura no fígado. No entanto, algumas medidas ajudam melhorar essa condição.

Pare de beber álcool

Parar com o consumo de bebidas alcoólicas é o mais importante que você pode fazer. O uso continuado de álcool pode levar ao avanço da doença, incluindo cirrose.

Perder peso

Muitos problemas de saúde são melhorados com a perda de peso, o fígado gordo é um deles. Mas você não pode perder peso muito rápido. Em vez disso, deve perder peso gradualmente através de uma dieta saudável e fazer pelo menos 30 minutos de exercício diário. A recomendação é perder meio quilo por semana ou até 1 quilo.

Gengibre

Estudos preliminares mostram que o gengibre pode ser bom para o fígado gordo. O gengibre contém antioxidantes e também ajuda a reduzir os triglicerídeos. Você pode fazer um chá de gengibre ou adicioná-lo ralado em suas saladas.

Tenha uma dieta saudável

Evite alimentos processados, refrigerantes, fast food e doces. Todos estes alimentos contêm xarope de milho, de alta frutose e gorduras, substâncias que são muito prejudiciais para a saúde. Em vez destes alimentos, inclua uma variedade de frutas e vegetais em sua dieta e alimentos ricos em fibras, pobres em calorias e em gorduras.

Comer frutas e legumes

Vegetais crus e frutas são os alimentos mais indicados para curar o fígado. Estes alimentos ajudam a limpar e reparar o fígado, de modo que esse órgão pode remover a gordura e outras toxinas mais rapidamente.

Evite medicamentos desnecessários

Evitar o uso de medicamentos desnecessários também pode ajudar a retardar ou reverter a doença. Note que mesmo vitaminas e minerais podem causar problemas de saúde. A melhor maneira de obtê-las é através da alimentação.

Praticar exercícios físicos

A prática de exercício é apropriado em todos os casos, principalmente por ajudar a eliminar o excesso de gordura corporal.

Mais informações

Uma boa opção é consultar um nutricionista para fornecer uma dieta adequada para o fígado gordo e, se for preciso, para reduzir o peso, sem que haja uma perda de peso muito rápida. Desintoxicar o fígado também pode ajudar esse órgão a eliminar as gorduras mais facilmente, veja alguns remédios naturais para purificar o fígado.

Este Post te ajudou?
  
  • esteatose hepatica 4
Deixe sua opinião:
Posts Relacionados: