Top 5 óleos essenciais para tratar a artrite e aliviar suas dores

Top 5 óleos essenciais para tratar a artrite e aliviar suas dores

A artrite está se tornando uma doença cada vez mais comum, portanto, qualquer tipo de tratamento natural para artrite é bem-vindo para aliviar seus sintomas. Felizmente, existem alguns óleos essenciais que são muito benéficos para quem sofre de artrite, pois não só podem aliviar a dor, mas também melhoram o humor e a saúde em geral, ao mesmo tempo.

O que é artrite?

A artrite é uma doença comum que causa inchaço e dor em torno das articulações. É geralmente classificada como osteoartrite ou artrite reumatoide. A osteoartrite ocorre quando a cartilagem entre as articulações se desgasta, causando inflamação e dor. Geralmente ocorre nas articulações que são usadas com mais frequência, como as dos joelhos, quadris, coluna vertebral e mãos. A artrite reumatoide é causada por uma disfunção auto-imune em que as células brancas do sangue destroem a cartilagem. Essa condição pode ser relacionada com alergias alimentares, infecções bacterianas, estresse ou excesso de ácido no corpo, mas a causa exata da artrite reumatoide ainda não é conhecida.

Óleos essenciais para a artrite

Os óleos essenciais são produtos naturais de plantas, a maioria das quais possuem propriedades antioxidantes, antibacterianas, antifúngicas e anti-inflamatórias. Os óleos essenciais têm sido demonstrados como uma promessa para o alívio dos sintomas da artrite.

Como óleos essenciais funcionam? Os óleos essenciais e os seus componentes são rapidamente absorvidos através da pele e são detectáveis ​​no plasma após aplicação tópica. Por conseguinte, representam um método eficaz para proporcionar diretamente um poderoso agente natural anti-inflamatório ao local da inflamação. Aqui estão as cinco óleos essenciais benéficos para a artrite:

1 – Óleo essencial de gengibre

O óleo essencial de gengibre é um agente de cura incrível que contém produtos químicos com efeitos analgésicos e anti-inflamatórios no corpo. Tem sido demonstrado para diminuir a dor associada à artrite, tornando-se uma grande apaziguador da dor. Ele fornece este benefício, agindo sobre os receptores vaniloides, que estão localizados nas terminações nervosas sensoriais.

O gengibre tem uma leve sensação de queimação, que dura apenas alguns segundos. Pesquisadores descobriram que esse efeito afeta as vias da dor diretamente e, na maior parte dos casos, alivia a inflamação, que por si só causa a dor.

A Arthritis Foundation, relata um estudo da Universidade de Miami (EUA), que concluiu que o extrato de gengibre pode ser um substituto para as drogas anti-inflamatórias não esteroides. O estudo comparou os efeitos de um extrato de gengibre altamente concentrado ao placebo em 247 pacientes com osteoartrite do joelho. O gengibre reduziu a dor e rigidez nas articulações do joelho em 40% sobre o placebo.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia e Los Angeles (EUA), mostraram que o gengibre afeta certos processos inflamatórios em um nível celular. Essa raiz tem atividades anti-inflamatórias, anti-ulcerosas e antioxidantes, assim como uma pequena quantidade de propriedades analgésicas, tornando-se uma ótima opção para quem sofre de artrite.

2 – Óleo essencial de cúrcuma

O ingrediente mais ativo na cúrcuma, a curcumina, tornou-se conhecida como um grande anti-inflamatório. Dentre os benefícios da cúrcuma, incluem ser altamente eficaz em ajudar as pessoas a gerir a artrite reumatoide.

Um estudo recente no Japão, descobriu que a inflamação foi significativamente reduzida pelo uso da curcumina. Esta evidência sugere que o uso regular de cúrcuma pode ser uma maneira poderosa para combater o desenvolvimento da artrite reumatoide.

3 – Óleo essencial de Olíbano

O óleo essencial de Olíbano pode inibir a produção de moléculas inflamatórias chaves associadas com condições como a artrite e pode ser útil para ajudar a evitar a ruptura do tecido da cartilagem. Isto pode reduzir significativamente os níveis de inflamação, o que torna uma opção de tratamento natural para as condições relacionadas com a dor que afetam os músculos, articulações e tendões.

4 – Óleo essencial de mirra

Óleo essencial de mirra também tinha propriedades anti-inflamatórias, e é frequentemente usado em conjunto para tratar a artrite. Um estudo publicado em relatórios científicos mostrou que o óleo de mirra é altamente eficaz no tratamento de doenças inflamatórias.

O estudo revelou que a mirra, combate a inflamação e a intensidade da inflamação das articulações. Os resultados mostraram que o extrato individual de mirra e extractos combinados utilizados para tratar os grupos estudados, apresentaram diferenças significativas quando comparado com o grupo controle com artrite.

5 – Óleo essencial de laranja

As propriedades anti-inflamatórias do óleo essencial de laranja foram pesquisadas em relação aos seus efeitos de combate à dor. Um estudo de 2009 publicado no European Journal of Medical Research, investigou o potencial antioxidante de vários óleos essenciais, e relatou que o óleo da laranja era o mais eficaz entre as pessoas estudadas, que por sua vez faz com que seja um grande óleo essencial para o tratamento da artrite.

Tente diluir algumas gotas de óleo essencial de laranja com 1 colher de chá de óleo de abacate ou óleo de amêndoas, e, em seguida, esfregue-o na parte de trás da sua mão ou onde quer que você tem a dor da artrite.

Como usar óleos essenciais para a artrite

Existem várias maneiras que você pode usar óleos essenciais para a artrite. Para aliviar a dor e inflamação, melhorando simultaneamente o seu sono, coloque um difusor perto de sua cama e difunda os óleos essenciais enquanto você dorme. Você também pode esfregar topicamente, quando misturado com um óleo diluente, diretamente sobre a área onde você sente a dor. Tenha cuidado para evitar os olhos.

Riscos dos óleos essenciais para a artrite

Use qualquer óleo essencial com moderação, seja internamente ou topicamente. O uso abusivo de óleos essenciais como remédio para artrite ou para outras finalidades, pode causar reações, irritações e sensibilidade, por isso certifique-se de fazer uma verificação da pele antes de usar em uma base regular. Você também deve usar com cuidado se toma medicamentos para pressão arterial ou tem uma condição cardíaca existente. Sempre fale com o seu médico antes de iniciar qualquer tratamento novo.

Se você estiver grávida ou amamentando, consulte o seu médico primeiro. A maioria dos óleos são seguros para as crianças, mas recomenda-se uma avaliação adequada com o seu médico antes de usá-los.

Mais informações

É importante certificar-se que todos os óleos essenciais que você escolher sejam 100% puros. Isso assegura os benefícios que acabamos de conhecer. É importante também ler bem a descrição de uso e quantidade recomendada de cada óleo antes de fazer seu uso.

Este artigo te ajudou?
  • +4 curtiram
  • -1 não curtiram