Sintomas do câncer de pele

Rudney Câncer, Destaque, Dicas Saúde 12-08-14 indicador de câncer de pele, sintomas do câncer de pele comentários

A cada ano, estima-se que 3 milhões de pessoas terão câncer de pele. Você pode se tornar um deles, o que é certo é que nada nem ninguém nos salva de cair nas garras dessa doença. Por esta razão, é essencial que esteja prevenido e conheça todos os sintomas do câncer de pele.

1 – Pele seca

Em algum momento de nossas vidas, todos sofremos de pele seca. Agora, é importante estar atento à forma como ocorre este fenômeno. Neste sentido, você deve ser capaz de perceber se a secura afeta toda a sua pele ou apenas uma área específica. Neste último caso, você pode estar sofrendo os estágios iniciais de câncer de pele. Então, se tiver alguma dúvida, não demora em visitar o seu médico.

2 – Sangrados repentinos

Nos últimos tempos, você reparou que mesmo uma pequena ferida tem sangrando muito. Este é um indicador de que algo não está bem com a sua saúde e pode ser câncer de pele. Portanto, se você tem esse problema e nota que já se estende por muito tempo, consulte o seu dermatologista.

3 – Mudanças de cor

Entre os principais sintomas do câncer de pele, existem também mudanças na pigmentação da pele. Estes envolvem mudanças perceptíveis no tom da pele. Nesta situação, contacte o seu médico imediatamente.

4 – Manchas embaixo das unhas

O câncer de pele também pode ocorrer sob as unhas. Portanto, se você descobrir um traço ou uma mancha marrom ou preta nesta área, peça para seu médico analisar. Pode ter sido apenas o resultado de uma pancada, mas também pode ser um resultado de melanoma.

5 – Manchas com bordas irregulares

Você já descobriu que tem uma mancha com bordas irregulares? Esta é outra razão para visitar o seu médico. Este aspecto geralmente é indicador de câncer de pele. Assim como aquelas que têm uma aparência desigual. Não se esqueça de verificar as suas manchas regularmente.

Todas essas manifestações cutâneas podem ser sintomas de câncer de pele. Portanto, fique atento a qualquer um deles e visite o seu médico regularmente. Pois, apesar de tudo, bem diz o ditado “é melhor prevenir do que remediar”.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: