Saúde na praia

Rudney Destaque, Dicas Saúde 07-11-14 Dicas Saúde, praia, Saúde na praia comentários

Desfrutar de um dia ensolarado na praia é uma atividade muito gratificante que pode servir como um tempo para relaxarmos e passarmos um tempo agradável descansando. Mas às vezes, algumas doenças podem aparecer durante sua viagem à praia e, atrapalhar seu descanso. Veja algumas dicas para cuidar da saúde na praia.

Otite infantil

Algumas vezes, e geralmente nas crianças, após um dia na praia, devido à água que entra nos ouvidos, o desconforto pode ocorrer devido a uma crise de otite, que pode ser muito doloroso. Nestes casos, será necessário levar seu filho para um médico avaliar a situação e tratar esta doença com medicamentos para aliviar os sintomas.

Se a água estiver muito fria ou a criança tem uma certa predisposição para esse distúrbio será adequado monitorar e controlar a seu banho de praia para evitar a ocorrência de otite.

Dermatite

É relativamente frequente a ocorrência de dermatite alérgica ou irritativa, pela exposição solar (alergia ao sol), pelo contato com uma água-viva ou por picadas de mosquito, que particularmente para as pessoas com pele sensível, pode resultar em lesões mais graves.

Nesses casos, será necessário aplicar um produto tópico utilizado para aliviar o desconforto local, pode ser indicado, em certas circunstâncias, tomar a medicação por via oral para completar o tratamento, como de costume, sob supervisão médica.

Lesões osteoarticulares

Praticar exercícios na praia, devido à desinibição e relaxamento próprios do período de férias, pode ser acompanhado pelo aparecimento de algumas lesões, como contusões ou entorses, ou lesões mais graves, como fraturas ósseas ou luxações.

Por isso, é importante manter-se vigilante na tomada de medidas para a prevenção e segurança ao executar esporte, dar um mergulho ou fazer uma excursão, embora esteja em férias, “Segurança não tem férias.”

Insolação ou golpe de calor

Outra alteração que pode nos surpreender negativamente após ficar por algumas horas no sol em horários que proporcionam maior radiação, é o aparecimento de tontura, fraqueza e outros sintomas desconfortáveis ​​e às vezes perigosos que podem corresponder a uma insolação ou um golpe de calor.

Para evitar esse transtorno é recomendável não ficar muitas horas ao sol, especialmente durante as horas de pico de intensidade da radiação. Além disso, você precisa beber bastante líquidos e sais minerais para evitar a desidratação.

Respeitando essas e outras precauções de segurança e usar o bom senso, evitaremos muitas situações desconfortáveis ​​e riscos, e podemos aproveitar ao máximo nossas férias sem gastar tempo no departamento de emergência, em um centro de saúde ou hospital.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: