Relação entre ciclismo e a osteoporose

Mateus Dicas Saúde 24-07-14 bicicleta, cuidar das articulações, Osteoporose, prevenir a osteoporose comentários

Relação entre ciclismo e a osteoporose

Manter uma rotina de exercícios é sempre bom para a nossa saúde, muito mais do que ficar sentado o dia todo no sofá. Mas se nós gostamos de praticar esporte um boa escola é o ciclismo, mais temos de ter cuidado, pois há uma relação entre ciclismo e osteoporose.

Em muitas ocasiões, já dissemos que a corrida é um exercício de impacto pode causar problemas nos joelhos, se tem excesso de peso e, portanto, seria mais conveniente para a prática de outros exercícios, como andar de bicicleta ou até mesmo usar o elíptico.

No entanto, o ciclismo pode nos causar osteoporose. A osteoporose é uma doença sistêmica, em que ocorre uma diminuição da massa óssea e deterioração da microarquitetura do osso. O que significa que o aumento da fragilidade do mesmo e provoca um aumento do risco de fraturas.

Por que o ciclismo pode provocar a osteoporose? Precisamente a vantagem de não ser um exercício de impacto, torna-se uma desvantagem para os nossos ossos, e que, ao não ter um impacto sobre a massa óssea, há uma ausência de carga mecânica que faz com que nossos ossos à atrofia.

Se queremos cuidar das nossas articulações, a bicicleta vai nos ajudar, mas, se quisermos prevenir a osteoporose, devemos complementar nosso treinamento na bicicleta, com outros exercícios, tendo em consideração determinadas medidas nutricionais, como não exagerar com sódio e nunca ter déficit de cálcio, além de ter um equilíbrio adequado de outros micronutrientes.

Além disso, alternar a bicicleta de corrida, ou simplesmente combinar com o treinamento de força, seria sem dúvida, a melhor maneira de evitar uma possível osteoporose.

Este Post te ajudou?
  
  • osteoporose e ciclismo
Deixe sua opinião:
Posts Relacionados: