Quando não é aconselhável fazer exercício

Rudney Destaque, Dicas Saúde 02-10-14 evitar exercícios, exercício físico, prática de exercício comentários

O exercício físico é um requisito essencial se quisermos manter tanto o nosso corpo e mente em ótimas condições, porque ajuda a prevenir doenças como diabetes ou hipertensão e nos permite manter a ansiedade e o estresse.

No entanto, apesar de seus muitos benefícios, há momentos em que temos de evitar a prática de exercício, porque pode ser prejudicial ao nosso corpo.

Febre e asma

– Resfriado: Neste caso, podemos sair para um passeio suave e evitar o exercício extenuante, porque pode nos fazer suar e, assim, agravar o nosso estado. Você também pode realizar alongamentos suaves.

– Febre: O início da febre indica que seu corpo está lutando contra uma infecção, por isso é melhor descansar para permitir que o corpo combata a doença. Se você se exercita com febre, pode ser que fique mais desidratado e esgotado fisicamente.

– Surto de asma: Apesar de a asma não ser um impedimento para a prática de exercício, se o foco se deve a uma infecção respiratória, você deve evitar fazer exercícios até que os sintomas desapareçam.

Fadiga e lesões

– Falta de sono: Se você não dormiu a noite toda não é aconselhável se exercitar, porque o seu corpo não descansou, e exercício só vai contribuir para te esgotar ainda mais.

– Lesões e dor: Quando você sofrer uma lesão ou dor muscular ou articular (devido ao exercício ou não), é necessário que você dê ao seu corpo tempo para se recuperar. Para fazer isso, você deve não praticar esporte durante alguns dias e começar a moderar a intensidade de exercícios.

Gravidez

As gravidas devem seguir as orientações de um especialista a respeito da prática de exercícios, para evitar complicações durante a gestação.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: