Problemas musculares que não passam sozinhos

Mateus Dicas Saúde 31-10-14 Dor Muscular, Dor nas costas, lesões comentários

Problemas musculares que não passam sozinhos

Todos nós já tivemos, mais cedo ou mais tarde, algum desconforto muscular: No pescoço, costas, braços, pernas … Talvez por exercícios intensos, por algum esforço no treinamento ou lesões de esforços diários. O que você precisa avaliar é se este desconforto muscular pode ser aliviado pelo repouso ou simplesmente se você precisa de tratamento para o alívio da dor.

A dor nas costas é muito comum na população, seja no pescoço, zona dorsal ou lombar. Mas se ela for frequente não significa que você tem que se acostumar com ela: Essa dor deve ser sanada. Dores musculares podem ocorrer rapidamente, mas pode ficar por um longo período de tempo, se ela não receber o tratamento adequado.

Se é um problema temporário, causado por esforço excessivo, por um mal treinamento… É possível que um simples repouso seja o suficiente para aliviar o problema. Mas há lesões que ficam por semanas, meses e até anos, incomodando um pouco em períodos diferente com a tendência de se aliviar sozinha.

Algumas pessoas se referem “que sempre tem uma dor nas costas” ou que “sempre que correm dói algum músculo” e interpretam isso como algo normal. Não tem sentido ficar nesse sofrimento sem se medicar. Não se trata de se medicar todo, e de se acudir com urgência a cada dor após o exercício, mas devemos distinguir algumas dores com as lesões musculares que na prática elas evoluem e não são tão fáceis serem sanadas.

Problemas musculares com solução relativamente simples pode acabar causando doenças crônicas e problemas em outras regiões; também precisam de tratamento, e já não será mais tão simples.

O exercício, massagem, mobilização, alongamento, bandagem funcional, agulhamento seco… Há muitas técnicas eficazes para aliviar e eliminar problemas musculares, mas muitas vezes não funcionam, então vamos resolver cedo, quaisquer que seja um leve desconforto vá ao médico pois pode se tornar um problema sério.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: