Poluição ambiental: ruim para a pressão arterial

Poluição ambiental: ruim para a pressão arterial

Fala-se muito sobre os estragos da mudança climática e da poluição no planeta, mas raramente paramos para pensar nisso. No entanto, ambos podem ter efeitos negativos sobre o nosso corpo.

Uma notícia do NeoMundo, revisada por pesquisadores da Universidade de Michigan nos EUA, diz que: respirar ar poluído, quando essa ação dura apenas duas horas, pode ser arriscado para os níveis de pressão arterial e, portanto, envolvem um maior risco de doença cardiovascular.

Além disso, o estudo indica que antes as pessoas sempre pensavam na fumaça do cigarro como um fator de risco no aumento da pressão arterial, no entanto, estamos agora confrontados com uma nova ameaça relacionada com a poluição ambiental.

Além disso, como quase um terço da população adulta sofre de hipertensão e que esta está associada a problemas cardiovasculares e cerebrovasculares, o aumento de gases tóxicos de fábricas, usinas de energia, ponteiras de escape de carros e combustão de carvão entre outros, é, sem dúvida, um novo alarme.

Portanto, é necessário que se você está constantemente exposto a algum tipo de poluição ambiental que verifique com seu médico o que fazer para proteger o corpo.

Este artigo te ajudou?
  • 0 curtiram
  • 0 não curtiram