Para que serve Risperidona e quais seus efeitos colaterais

Para que serve Risperidona e quais seus efeitos colaterais

Risperidona (Risperdal) é um medicamento antipsicótico que pode ser encontrado na forma de um comprimido, solução e comprimido de desintegração oral (dissolução), que você toma pela boca. Além disso, também está disponível como medicamento genérico, que pode custar mais barato que os medicamentos de marca. Hoje, vamos conhecer as indicações, preços e efeitos colaterais de risperidona.

Risperidona bula

Apresentação de Risperidona, uso oral e adulto. Laboratório: Eurofarma.

Composição de Risperidona 1 mg:

  • – risperidona ………………… 1 mg
  • – excipientes q.s.p………….. 1 comprimido
  • – Excipientes: lactose, celulose microcristalina, povidona, amido, dióxido de silício, laurilsulfato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol e dióxido de titânio.

Composição de Risperidona 2 mg:

  • – risperidona ………………… 2 mg
  • – excipientes q.s.p. ………….1 comprimido
  • – Excipientes: lactose, celulose microcristalina, povidona, amido, dióxido de silício, laurilsulfato de sódio, copovidona, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol, óxido férrico (vermelho) e óxido férrico (amarelo).

Composição de Risperidona 3 mg:

  • – risperidona …………………. 3 mg
  • – excipientes q.s.p. …………. 1 comprimido
  • – Excipientes: lactose, celulose microcristalina, povidona, amido, laurilsulfato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol, dióxido de titânio e amarelo quinoleína.

Risperidona para que serve

Risperidona é indicada para tratar os sintomas de várias condições psiquiátricas, tais como esquizofrenia e sintomas de transtorno bipolar (depressão maníaca). Também é usada em crianças autistas para tratar sintomas de irritabilidade.

Este medicamento pertence a uma classe de drogas chamadas antipsicóticos atípicos. Ele funciona afetando a quantidade de substâncias (neurotransmissores) que ocorrem naturalmente em seu cérebro. Pensa-se que pessoas com esquizofrenia, transtorno bipolar e autismo têm um desequilíbrio de certos neurotransmissores. Esta droga pode melhorar esse desequilíbrio.

Risperidona pode ser usada como parte de uma terapia combinada. Isso significa que você precisará levá-lo com outros medicamentos.

Como tomar risperidona

Tome este medicamento por via oral com ou sem alimentos, conforme indicado pelo seu médico, geralmente uma ou duas vezes por dia.

Se você estiver usando a forma líquida deste medicamento, meça cuidadosamente a dose usando o dispositivo de medição especial fornecido. Consulte o seu farmacêutico se tiver alguma dúvida.

A dosagem é baseada em sua idade, condição médica, resposta ao tratamento e outros medicamentos que você esteja tomando. Certifique-se de informar seu médico e farmacêutico sobre todos os produtos que você usa (incluindo medicamentos prescritos, medicamentos sem receita médica e produtos à base de plantas). Para reduzir o risco de efeitos colaterais, o seu médico pode orientá-lo a iniciar este medicamento com uma dose baixa e aumentar gradualmente a sua dose. Siga as instruções do seu médico com cuidado.

Tome este medicamento regularmente para tirar o máximo proveito. Para ajudá-lo a lembrar, tome-o sempre no mesmo horário a cada dia. É importante continuar a tomar este medicamento como prescrito, mesmo que se sinta bem. Não pare de tomar este medicamento sem consultar o seu médico.

Risperidona engorda ou emagrece

Muitas pessoas acham que tomar risperidona pode ajudar a emagrecer, mas o que realmente ocorre é o contrário. Geralmente, pacientes que fazem uso deste medicamento tendem a ganhar bastante peso, mas uma dieta saudável e equilibrada pode ajudar a combater e reduzir esse efeito.

Risperidona efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns da risperidona podem incluir:

  • – Parkinsonismo
  • – Distonia (contrações musculares que causam movimentos tortuosos e repetitivos que você não pode controlar)
  • – Tremores (movimento rítmico incontrolável em uma parte do seu corpo)
  • – Sonolência, fadiga e tonturas
  • – Ansiedade
  • – visão embaçada
  • – Dor abdominal e abdominal superior ou desconforto
  • – Boca seca
  • – Aumento do apetite ou aumento de peso
  • – Erupção cutânea
  • – Nariz entupido
  • – Infecções do trato respiratório superior e inflamação do nariz e da garganta

Se esses efeitos forem leves, eles podem desaparecer dentro de alguns dias ou algumas semanas. Se eles são mais graves ou não desaparecem, fale com seu médico ou farmacêutico.

Ligue imediatamente para o seu médico se tiver efeitos colaterais graves, seus sintomas podem incluir o seguinte:

Síndrome neuroléptica maligna. Os sintomas podem incluir:

  • – Febre alta
  • – Transpiração
  • – Músculos rígidos
  • – Confusão
  • – Mudanças na sua respiração, ritmo cardíaco e pressão sanguínea

Falência renal. Os sintomas podem incluir:

  • – Ganho de peso, especialmente nas pernas
  • – Fraqueza ou letargia
  • – Sonolência
  • – Urinar menos do que o normal ou não urinar

Hiperglicemia (alto nível de açúcar no sangue). Os sintomas podem incluir:

  • – Sentir muita sede
  • – Precisar urinar com mais frequência do que o normal
  • – Sentir muita fome
  • – Fraqueza ou cansaço
  • – Náusea
  • – Confusão
  • – Níveis elevados de colesterol e triglicerídeos

Níveis elevados de prolactina no sangue. Os sintomas podem incluir:

  • – Aumento do peito
  • – Secreção no mamilo
  • – Disfunção erétil (problemas para obter ou manter uma ereção)
  • – Perda de período menstrual

Hipotensão ortostática (uma queda na pressão arterial quando você se levanta de uma posição sentada ou deitada). Os sintomas podem incluir:

  • – Tontura
  • – Desmaio

Baixa contagem de glóbulos brancos. Os sintomas podem incluir:

  • – Febre
  • – Infecções
  • – Problemas de pensamento e dificuldade de julgamento e habilidades motoras
  • – Convulsões
  • – Problema na deglutição
  • – Priapismo (ereção dolorosa com duração superior a quatro horas)
  • – Discinesia tardia é um tipo de discinesia (movimentos repetitivos involuntários)
  • – Morte por infecção e acidente vascular cerebral em idosos com demência

Precauções e avisos

Antes de tomar risperidona, informe o seu médico ou farmacêutico se for alérgico a ela ou a paliperidona ou se tiver outras alergias.

Informe também seu histórico médico de problemas no fígado e doença no rins, convulsões, dificuldade em engolir, baixa contagem de células brancas no sangue, doença de Parkinson, demência, certos problemas oculares (catarata, glaucoma), história pessoal ou familiar de diabetes, doença cardíaca, colesterol e triglicérides altos, dificuldade para respirar durante o sono (apneia do sono).

Este remédio pode deixá-lo tonto ou sonolento. Não conduza, use máquinas ou faça qualquer atividade que requer alerta até ter certeza de que pode executar essas atividades com segurança. Evite bebidas alcoólicas.

Esta medicação pode fazer você suar menos, o que torna mais provável que você tenha um superaquecimento do corpo, por isso, evite trabalhos árduos ou exercícios físicos em lugares quentes, ou uso de banheiras de hidromassagem. Se sentir muito calor, beba muitos líquidos e viste-se levemente. Obtenha assistência médica imediatamente se tiver febre que não desapareça, alterações mentais, dor de cabeça ou tonturas.

Os idosos podem ser mais sensíveis aos efeitos colaterais deste medicamento, especialmente tonturas e calor excessivo.

Durante a gravidez, este medicamento deve ser usado somente quando necessário. Os bebês nascidos de mães que usaram esse medicamento durante os últimos 3 meses de gravidez podem raramente desenvolver sintomas, incluindo rigidez muscular ou tremor, sonolência, dificuldades de alimentação e respiração ou choros constantes. Se você notar algum desses sintomas em seu recém nascido especialmente durante o primeiro mês, informe o médico imediatamente.

Se você está planejando uma gravidez ou pensa que pode estar grávida, discuta imediatamente com seu médico os benefícios e riscos da utilização deste medicamento durante a gravidez.

Esta medicação passa para o leite materno e pode ter efeitos indesejáveis ​​em um lactente. Consulte o seu médico antes da amamentação.

Risperidona preço

Os valores desse medicamento podem variar dependendo da drogaria adquirida, do laboratório e da quantidade de comprimidos contidos na caixa. Este medicamento só deve ser comprado com receita médica. Geralmente, os preços variam de 15 a 180 reais.

Mais informações

A risperidona é um medicamento antipsicótico muito usado no tratamento da esquizofrenia. Você deve seguir corretamente o modo de tomar este fármaco indicado por seu médico, assim, poderá obter melhores resultados no tratamento e evitará problemas adversos.

Este artigo te ajudou?
  • +3 curtiram
  • 0 não curtiram