Os sinais de um ataque cardíaco

Rudney Cardíacas, Destaque, Dicas Saúde, Doenças 13-02-14 ataque do coração, Como prevenir um infarto, evitar um ataque cardíaco, sinais de um ataque cardíaco, sinais que sucedem um ataque cardíaco comentários

Nosso corpo é sábio, o que acontece é que não prestamos atenção suficiente para perceber as mensagens que ele nos envia. Então, hoje eu convido você a conhecer 4 sinais que sucedem um ataque cardíaco e que você não deve ignorar.

As mulheres são mais propensas a sofrer um ataque cardíaco. Os sinais podem ser enviados pelo corpo muito antes de isso acontecer, mas na maioria das vezes os sintomas são ignorados por aqueles que sofrem, e é aí que se comete o primeiro erro grave.

Sintomas de um ataque do coração

1 – Desconforto ou dor no peito

Normalmente você sente uma dor no peito na área central, pode ser intermitente e durar alguns minutos. A sensação de aperto, dor ou algum desconforto também são sinais comuns.

2 – Dores no corpo

Outros sinais de um ataque cardíaco iminente envolvem dores nos braços, pescoço, mandíbula, costas ou estômago. Um desconforto ou dor de estômago aparente pode realmente ser um sinal de um ataque cardíaco.

3 – Dificuldade para respirar

A falta de ar pode ocorrer com ou sem dor no peito.

4 – Mal-estar

Aqueles que sofrem de um ataque cardíaco também podem ter suores frios, náuseas ou vertigens. Os sintomas podem ser devido a outra causa, mas certifique-se de comprová-los, pois podem salvar sua vida.

Como prevenir um infarto

Se, por vezes, apresenta qualquer dos sinais descritos acima e te encontras em situações estressantes, suores noturnos, cansaço inexplicável e problemas gastrointestinais não se esqueça de fazer um check-up, para evitar um ataque cardíaco.

Porém, um ataque do coração nem sempre apresenta sintomas, o que pode dificultar reconhecer a gravidade da situação. No entanto, é importante conhecer os sintomas de um ataque cardíaco para cuidar de nós mesmos e dos outros.

Tenha em mente que fatores hereditários, idade, sedentarismo, níveis altos de colesterol, bem como o estresse e má nutrição são todos os componentes que aumentam o risco de ataque cardíaco, portanto, não se esqueça dos sintomas mencionados e procure um médico na presença dos mesmos.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: