O que é varicocele e qual o melhor tratamento para essa condição

O que é varicocele e qual o melhor tratamento para essa condição

O escroto é um saco coberto de pele onde se encontram os testículos. Também contém artérias e veias que fornecem sangue às glândulas reprodutoras. Uma anormalidade da veia no escroto pode resultar em um problema comum chamado de varicocele.

O que é varicocele

Um varicocele é um alargamento das veias dentro do escroto. Elas são semelhantes às veias varicosas da perna. Uma varicocele pode causar dor, inchaço e/ou infertilidade. As veias escrotais contêm válvulas unidirecionais que permitem que o sangue flua dos testículos e do escroto de volta ao coração. Quando estas válvulas falham, o sangue aumenta nas veias ao redor do testículo no escroto resultando em um varicocele.

Um varicocele pode resultar em diminuição da produção e qualidade do esperma, o que, em alguns casos, pode levar à infertilidade. Também pode encolher os testículos.

Varicoceles são comuns. Elas podem ser encontrados em 15% da população masculina em geral, também afetam cerca de 15% dos meninos adolescentes. Varicoceles geralmente se formam durante a puberdade e são mais comumente encontradas no lado esquerdo do seu escroto.

A anatomia do lado direito e esquerdo do seu escroto não é a mesma. Varicoceles podem existir em ambos os lados, mas é extremamente raro e quando ocorre, esta condição é chamada de varicocele bilateral. Nem todos os casos de varicoceles afetam a produção de esperma.

O que causa uma varicocele?

Muitos especialistas acreditam que uma varicocele se forma quando as válvulas dentro das veias do escroto funcionam mal, impedindo que seu sangue flua de volta para a circulação sistêmica. Isso faz com que as veias se dilatem.

Com o tempo, uma varicocele pode aumentar e tornar-se mais visível. As varicoceles maiores podem resultar em danos ao testículo e desempenhar um papel na infertilidade masculina. A maioria dos casos de varicoceles é fácil de diagnosticar e pode ser descoberta durante um exame físico rotineiro ou uma avaliação da fertilidade.

Não há fatores de risco estabelecidos para o desenvolvimento de uma varicocele, e a causa exata não ainda está clara.

Uma varicocele desenvolve-se lentamente ao longo do tempo. A maioria dos homens são diagnosticados com esse problema entre os 15 e 25 anos.

Sintomas varicocele

Muitos homens com varicocele não apresentam sintomas. Não é incomum para um homem não saber que tem varicocele, a menos que seja notada durante um exame físico de rotina ou quando causa problemas de fertilidade. Quando os sintomas ocorrem, as veias dilatadas no escroto geralmente podem ser sentidas ou vistas, e o testículo pode ser menor no lado da varicocele.

Você pode não ter sintomas associados a uma varicocele. No entanto, você pode experimentar:

  • – Um nódulo em um de seus testículos
  • – Inchaço no seu escroto
  • – Veias visivelmente ampliadas ou retorcidas no seu escroto
  • – Dor recorrente no seu escroto
  • – Infertilidade

Alguns homens com varicocele experimentam dor testicular quando estão de pé ou sentados por um longo período de tempo ou durante o exercício. A dor pode parecer também com uma sensação de peso. O desconforto geralmente desaparece quando deitado.

A infertilidade masculina tem sido associada a varicoceles. Alguns especialistas acreditam que as veias bloqueadas e ampliadas em torno dos testículos causam infertilidade aumentando a temperatura no escroto e diminuindo a produção de esperma.

Complicações e riscos da varicocele

A condição pode ter efeito sobre a fertilidade. A varicocele está presente em 35% dos homens com infertilidade primária e em 75 a 80% dos homens com infertilidade secundária. A infertilidade primária geralmente é usada para se referir a um casal que não concebeu uma criança após pelo menos um ano de tentativa. A infertilidade secundária descreve casais que conceberam pelo menos uma vez, mas não conseguem novamente.

As varicoceles são uma causa comum de diminuição da produção e qualidade do esperma, o que muitas vezes contribui para a infertilidade.

Outra complicação da varicocele é a atrofia testicular. A maior parte do testículo é constituída por túbulos produtores de esperma. Quando danificado, a partir de uma varicocele, o testículo pode encolher-se de tamanho. Não está claro o que faz com que o testículo encolha, mas as válvulas disfuncionais causam o aparecimento de sangue nas veias, o que resulta em aumento da pressão nas veias e exposição a toxinas no sangue que podem causar danos testiculares. Frequentemente, após o tratamento da varicocele, o testículo afetado retornará ao tamanho normal.

Diagnóstico da varicocele

O diagnóstico de varicocele é bastante simples e pode ser feito através de um exame físico. No caso de um exame físico inconclusivo, o fluxo sanguíneo anormal pode ser detectado com um exame de imagem não invasivo, como um ultra-som ou através de um venograma, uma radiografia em que um corante especial é injetado nas veias para destacar os vasos sanguíneos.

Varicocele tem cura

Varicocele tem cura, mas nem sempre é necessário tratá-la. No entanto, você pode querer considerar o tratamento se:

  • – Sua varicocele causa dor
  • – Sua varicocele causa atrofia testicular
  • – Sua varicocele causa infertilidade
  • – Você está pensando em técnicas de reprodução assistida

Deve-se considerar que, devido esta condição causar problemas no funcionamento testicular em algumas pessoas, quanto antes você começar o tratamento, melhor será a sua chance de melhorar a produção de esperma.

Usar roupas íntimas apertadas pode às vezes fornecer-lhe um apoio que alivie a dor ou o desconforto. Tratamento adicional com medicamentos ou até mesmo cirurgia pode ser necessário se seus sintomas piorarem.

Cirurgia de varicocele

Existem várias abordagens cirúrgicas que são usadas para reparar a varicocele. Estes incluem cirurgia aberta (com incidência relativamente alta de recorrência de varicocele), embolização percutânea (menor taxa de recorrência, mas tecnicamente mais complexa), ou a abordagem laparoscópica (requerendo anestesia geral com maiores taxas de complicações).

Cirurgia aberta: esta operação é a mais comum das três. Pode ser realizada com anestesia local ou geral. Normalmente, o cirurgião irá acessar a área através da virilha, mas às vezes pode entrar através do abdômen ou parte superior da coxa e, então tratar o problema. O uso de ultra-som e um microscópio cirúrgico tornaram este procedimento mais seguro. A dor pós-cirúrgica é geralmente mínima, e um retorno às atividades normais é rápido.

Cirurgia laparoscópica: o cirurgião faz uma pequena incisão no abdômen e onde passa um pequeno instrumento cirúrgico para tratar a varicocele.

Embolização percutânea: não é basicamente uma cirurgia, mas deve ser feita num hospital, por um profissional especializado. Um radiologista insere um tubo no corpo através da virilha. Os instrumentos podem ser passados ​​através do tubo. A embolização do varicocele fecha o fluxo sanguíneo para a veia afetada. Também chamada de embolização direcionada por cateter, a embolização de varicocele é uma técnica altamente eficaz e amplamente disponível para tratar varicoceles sintomáticas.

Os procedimentos cirúrgicos acima são relativamente seguros, mas, como ocorre com qualquer cirurgia, existem alguns riscos. Estes riscos incluem:

  • – Dano na artéria
  • – Atrofia testicular adicional
  • – Infecção
  • – Dor no abdômen
  • – Contusões ou inchaço da área
  • – Acúmulo de fluidos ao redor da área operada

Você pode esperar para ir para casa dentro de 4 horas após uma cirurgia de varicocele. Um medicamento contra a dor deve ser prescrito alguns dias após a cirurgia.

Você deve poder retomar os trabalhos leves 1 a 2 dias após a cirurgia e atividades extenuantes completas dentro de uma semana.

Varicocele tratamento caseiro

Não há estudos sobre tratamentos caseiros para a varicocele, mas algumas pessoas dizem que certos tratamentos podem ajudar a tratar essa condição:

Alho

O consumo diário de alho na sua alimentação pode ajudar a tratar a varicocele. Isso se deve ao poder anticoagulante e vasodilatador natural deste alimento, o que auxilia no funcionamento correto das veias dos testículos. Este alimento deve ser consumido exclusivamente cru.

Banho de água morna

Um bom banho de água morna também ajuda no tratamento desta condição. A água morna pode reduzir a inflamação e dor nos testículos. A melhor maneira para fazer este tratamento é numa banheira cheia de água morna, onde você deve permanecer com a área mergulhada duas vezes ao dia, por 15 minutos. No caso do chuveiro, deixe a água escorrer pelo local, durante o mesmo tempo.

Compressas frias

O uso de compressas frias nos testículos também podem ajudar a aliviar sua dor e a inflamação. Aplique compressas frias no local por, pelo menos, 10 minutos ao dia.

Mais informações

Apesar da varicocele, muitas vezes não causar complicações ou sintomas, mas essa condição deve ser tratada, pois pode causar infertilidade. A cirurgia só é necessária se a varicocele estiver causando dor ou se estiver afetando sua fertilidade. Fique atento aos sinais desse problema, a qualquer alteração na forma, tamanho ou consistência na região genital deve ser abordada por um médico.

Este artigo te ajudou?
  • +3 curtiram
  • 0 não curtiram