O que é fimose e como tratá-la em crianças e adultos

O que é fimose e como tratá-la em crianças e adultos

No momento em que os meninos não circuncidados têm 10 anos, eles podem puxar o prepúcio para trás da glande de seu pênis. No entanto, em alguns casos, não é possível retrai-la completamente. Quando isso acontece, é chamado de fimose.

Se os pais perceberem que o prepúcio de seu filho não pode ser puxado para trás, não há necessidade de se preocupar. É normal que o prepúcio de bebês e crianças fique apertado ou preso à cabeça de seu pênis (glande). Cerca de 96% de todos os meninos nascem com um tipo de fimose conhecida “fisiológica” natural. Ela protege a glande abaixo do prepúcio e da uretra de agentes externos, tais como germes.

Apenas cerca de 10 em cada 100 meninos de três anos de idade ainda têm fimose, e aos 7 anos de idade, apenas cerca de 7 em cada 100 meninos ainda são afetados. Você deve consultar um médico se a criança está com dor, se o prepúcio está inflamado, incha como um balão ao urinar, ou se a urina não pode fluir adequadamente.

O que é fimose

A fimose é definida como a incapacidade do prepúcio ser retraído por trás da glande do pênis em homens não circuncidados. A fimose pode aparecer como um anel apertado ou elástico do prepúcio ao redor da ponta do pênis, impedindo a retração completa. A fimose é dividida em duas formas: fisiológica e patológica.

  • – Fimose fisiológica: As crianças nascem com prepúcio apertado no nascimento e a separação ocorre naturalmente ao longo do tempo. A fimose é normal para a criança não circuncidada e geralmente resolve-se naturalmente em torno de 5-7 anos de idade.
  • – Fimose patológica: Este tipo de fimose ocorre devido a lesões devido a tentativas forçadas de retrair o prepúcio, infecção ou inflamação.

Se a fimose persistir, mas não causar problemas, você pode esperar até depois de cerca dos 3 anos de idade para procurar um médico. O médico irá examiná-lo e ver se o prepúcio pode ser puxado.

A necessidade de tratamento dependerá da idade da criança, da extensão do problema e do que o está causando. O objetivo do tratamento é permitir que o menino lave o pênis corretamente e urine sem qualquer dificuldade ou dor. Ereções também não devem ser dolorosas.

Embora a fimose seja a indicação mais comum para a circuncisão do adulto, outras indicações que requerem este tratamento incluem parafimose, balanite sem fimose, condiloma, prepúcio redundante, doença de Bowen, carcinoma, traumas, profilaxia de algumas doenças (por exemplo, infecção pelo HIV) e escolha do paciente.

Fimose em adulto

Adolescentes e homens adultos com fimose geralmente têm fimose adquirida. Isso significa que seu prepúcio tornou-se apertado ou preso a sua glande ao longo dos anos como resultado de lesões, tecido cicatricial ou inflamações. Também pode ser devido a uma higiene deficiente ou uma condição médica subjacente (por exemplo, diabetes mellitus). A cirurgia é geralmente necessária para tratar este tipo de fimose.

Complicações da fimose

Na fimose fisiológica, podem ocorrer condições benignas (não-fatais) que são comuns em homens não circuncidados, incluindo cistos relacionados à produção de esmegma, aprisionamento e balonismo transitório indolor do prepúcio durante a micção. Estas são consideradas variações normais que normalmente se resolvem com retração manual suave diária.

A fimose patológica que não se resolve naturalmente pode provocar outras complicações, incluindo, irritação ou sangramento do pênis, balonismo do prepúcio com micção resultando em dificuldade de urinar, retenção urinária, micção dolorosa (disúria), ereções dolorosas, infecções recorrentes do prepúcio (balanopostite), parafimose (prepúcio preso na posição retraída atrás da cabeça do pênis), ou infecções do trato urinário podem exigir tratamento adicional. O seu médico irá encaminhar o seu filho para um urologista pediátrico para uma avaliação mais aprofundada.

Os pais nunca devem tentar forçar o prepúcio para trás. Isso pode ser muito doloroso para seu filho. Também pode levar a pequenas lesões, causando cicatrizes que podem tornar ainda mais difícil puxar o prepúcio para trás. Isto pode causar a fimose patológica.

Se o prepúcio é apertado, há também o perigo de que ele possa ficar preso atrás da cabeça do pênis (glande) quando é puxado para trás, formando um anel que restringe o suprimento de sangue para a glande. Isso é conhecido como parafimose. É uma emergência médica que deve ser tratada por um médico imediatamente.

Nos primeiros anos de vida, o prepúcio não precisa ser puxado para trás completamente para ser capaz de manter o pênis limpo. Sob nenhuma circunstância objetos como cotonetes devem ser usados ​​para limpar o espaço entre o prepúcio e a glande.

Como tirar fimose

Tratamentos para fimose podem variar dependendo da criança e gravidade da fimose. Os tratamentos podem incluir: retração manual diária suave, aplicação tópica de pomada de corticosteroide ou postectomia também chamada de circuncisão (cirurgia de fimose).

Os médicos podem recomendar a aplicação tópica de pomada de esteroides para crianças com fimose. Este é um tratamento eficaz na maioria dos casos. O tratamento tópico é usado ​​para ajudar a suavizar o prepúcio apertado em torno do pênis, para que o prepúcio possa ser facilmente retraído. Seu médico irá demonstrar como aplicar a pomada para no anel apertado do prepúcio e/ou cabeça do pênis. A pomada é massageada nas áreas afetadas duas vezes por dia durante 6-8 semanas juntamente com alongamento e retração manual duas vezes por dia. Uma vez que o prepúcio pode ser totalmente retraído, a pomada é descontinuada e a retração diária manual (durante os banhos quentes) irá evitar que a fimose recorra. Os corticosteroides mais utilizados são hidrocortisona 2,5%; betametasona 0,05% e triamcinolona 0,01%.

A circuncisão masculina refere-se à remoção cirúrgica do prepúcio. A circuncisão muitas vezes não é necessária para o tratamento da fimose. Em alguns casos raros, o seu urologista pediátrico pode recomendar circuncisão devido a falha de pomada de esteroides, fimose patológica, parafimose (prepúcio preso na posição retraída atrás da cabeça do pênis), infecções recorrentes do trato urinário ou balanopostite severo e recorrente.

A operação é muitas vezes realizada sob anestesia geral em crianças. Em adultos, também pode ser realizada usando um anestésico local.

Hoje em dia, a circuncisão é uma operação de rotina que raramente tem efeitos secundários graves. Contusões no pênis são comuns, mas inofensivas, e geralmente desaparecem por conta própria depois de um tempo. Cerca de 2 em cada 100 pessoas têm complicações que precisam ser tratadas. Estas incluem sangramento e infecções no pós-operatório.

Se apenas parte do prepúcio é removido, o tecido cicatricial pode levar à recorrência da fimose. Em tais casos, uma segunda operação é geralmente feita para remover todo o prepúcio. Algumas pessoas podem querer realizar outra operação por razões estéticas, para melhorar a aparência do pênis após a circuncisão.

Muitos adolescentes e homens ficam preocupados que após serem circuncidados podem sentir menos prazer durante o sexo, porque a glande exposta pode tornar-se menos sensível ao longo do tempo. Mesmo que isso possa ocorrer, uma série de estudos têm demonstrado que a circuncisão não afeta a satisfação sexual.

Mais informações

A fimose é uma condição bastante comum e várias casos são tratados anualmente. Por isso, se você sofre deste problema não tenha vergonha ou medo e procure um especialista para tratá-lo corretamente. Se você tem um filho pequeno em casa, também deve prestar atenção e, a qualquer dúvida, leve-o ao médico.

Este artigo te ajudou?
  • +5 curtiram
  • -2 não curtiram