Neofobia alimentar: Um transtorno comum na infância

Rudney Destaque 30-09-14 evitar neofobia, neofobia alimentar, transtorno alimentício comentários

Você sabe o que é a neofobia alimentar? Muitas pessoas provavelmente nunca ouviram falar dela, embora seja mais comum do que parece, porque afeta várias crianças. A neofobia é um transtorno alimentício no qual crianças criam uma relutância para experimentar novos alimentos, algo conhecido também como paradoxo do onívoro.

A textura, sabor ou cheiro de comida pode ser o gatilho para neofobia alimentar. Segundo o professor David Benton, da Universidade de Wales Swansea, no Reino Unido, esse é um mecanismo de defesa que herdamos de nossos ancestrais. Inconscientemente, e muitas vezes quando somos crianças, nos recusamos a experimentar alimentos que consideramos tóxicos. Estudos mostram que a neofobia alimentar afeta mais homens do que mulheres e é hereditária.

Dicas para acabar com a neofobia alimentar

– Apresentar os tipos de alimentos que existem e variar as suas refeições.
– Convencê-lo para tentar comer novos alimentos de forma contínua.
– Encontrar o melhor momento para introduzir novos alimentos. Quando está com fome, por exemplo.
– Inventar uma apresentação divertida e colorida para cada prato, especialmente quando se trata de verduras e legumes.
– Comer os mesmos alimentos junto com a criança e dizer que tudo está muito bom.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: