Diabetes: 6 vegetais essenciais para prevenir essa doença

Rudney Destaque, Diabetes, Doenças 13-01-15 combater o diabetes, Diabetes, evitar o diabetes, prevenção da diabetes comentários

A diabetes é uma doença crônica que está quase sempre relacionada à genética. No entanto, uma alimentação cuidadosa pode ajudar a preveni-la. Então, hoje falamos dos vegetais que ajudam a evitar o diabetes.

1 – Brócolis

É um dos melhores vegetais para combater o diabetes. De fato, o conteúdo de alguns elementos que encontramos nesse vegetal são capazes de regular os níveis de açúcar no sangue.

2 – Espinafre

Embora quase todos os vegetais verdes têm várias propriedades nutricionais, o espinafre é, definitivamente, um dos mais poderosos. De acordo com um estudo recente, comer espinafre diariamente reduz em 20% o risco de diabetes.

3 – Beterraba

Beterraba é capaz de regular não só o nível de açúcar no sangue, mas também a pressão sanguínea. Precisamente por isso, é altamente recomendável para prevenção da diabetes.

4 – Batata doce

O sucesso da batata doce no combate à diabetes é o fato de que contém uma grande quantidade de antocianinas, que são especificamente relacionadas com a regulação do açúcar no sangue.

5 – Repolho

Além de ser capaz de regular os níveis de açúcar no sangue, o repolho é capaz de melhorar o funcionamento do pâncreas e grande parte dos órgãos que são afetados por diversas doenças crônicas.

6 – Aspargos

Devido ao fato dos aspargos serem capazes de melhorar a função do pâncreas e dos rins, são outro dos alimentos mais recomendado quando se tenta prevenir a diabetes.

Mais informações

Como vê, há uma abundância de vegetais que podem nos ajudar a prevenir o diabetes apenas incorporando-os em nossa dieta regular. Mas existem também outros alimentos que podem nos ajudar nesse sentido, como é o caso o iogurte e do leite.

Você pode tirar diversas dúvidas sobre o diabete pesquisando outros artigos relacionados em nosso site, como dicas para manter o diabetes sobre controle, se você já estiver essa doença, e os fatores de risco que conduzem a esse problema.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: