Como tratar um ataque de ansiedade

Rudney Destaque, Dicas Saúde 19-05-14 Como tratar um ataque de ansiedade, Dicas para acabar com a ansiedade, Sintomas da ansiedade comentários

Saber como tratar um ataque de ansiedade é muito importante, dependendo da intensidade com que se sofre. Existem diferentes níveis, e você realmente precisa tratar estes episódios de ansiedade quando eles interferem com a sua qualidade de vida. A principal coisa a fazer é consultar um especialista em saúde mental, mas um conselho nunca é demais.

Por que temos ansiedade

A ansiedade é uma condição na qual o corpo reage, porque percebe uma ameaça ou circunstância que pode causar perigo. Quando a ansiedade sentida saí dos parâmetros normais e não permite que nosso dia a dia se desenvolva normalmente, devemos prestar atenção.

Sintomas de sofrer de um transtorno de ansiedade:

– Sempre se sentir nervoso
– Não poder executar tarefas comuns com tranquilidade como trabalho, estudo, etc.
– Ter muitos medos acumulados
– Sentir medo de que algo ruim vai acontecer
– Começar a evitar algumas situações para não ficar ansioso
– Frequentemente entra em pânico e tem palpitações

Como eu disse antes, há diferentes graus que você pode sofrer um ataque de ansiedade mas, no entanto, todos são baseados no componente do medo.

Esta condição também envolve sinais físicos:

– Sudoração
– Dores de estômago ou tonturas
– Taquicardia
– Vontade de urinar com frequência ou diarreia
– Falta de ar
– Tremores e espasmos
– Tensão muscular
– Dores de cabeça
– Fadiga
– Insônia

Quando ocorre um ataque de ansiedade…

Os ataques de ansiedade acontecem de um momento para outro e podem ou não ter razão para isso. Normalmente, após 10 minutos de ter começado, alcança seu pico mais alto, logo depois desce, e pode demorar até meia hora para que desapareça completamente.

Como tratar um ataque de ansiedade:

– Primeiro, quando você está ciente de que sofre de ansiedade, é necessário mudar seus hábitos.
– Não consumir bebidas estimulantes
– Abandone os maus hábitos
– Procure um estilo de vida equilibrado
– Ficar longe de situações estressantes
– Praticar técnicas de meditação ou relaxamento
– Tente dormir as horas que seu corpo precisa
– Procurar ajuda profissional

Em alguns casos, tomar medicação combinada com a terapia, que pode ser uma terapia comportamental cognitiva, é muito eficiente. A ideia é que uma pessoa enfrente seus medos.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: