Bula e efeitos colaterais do uso de Alprazolam para tratar ansiedade

Bula e efeitos colaterais do uso de Alprazolam para tratar ansiedade

Alprazolam é um ansiolítico da classe dos benzodiazepínicos, indicado para tratar distúrbios de ansiedade e transtorno de pânico. É usado para o tratamento de curto prazo. Este fármaco apresenta-se sob a forma de comprimido oral de 0,25 mg, 0,5 mg, 1 mg e 2 mg, em embalagens com 30 comprimidos.

Esta droga atualmente encontra-se com prescrição restrita devido a alguns de seus efeitos colaterais que podem levar à depressão, dependência e afetar a memória. Há também o risco de desenvolvimento de tolerância no uso sistemático.

Alprazolam bula

Apresentação de Alprazolam uso oral, adulto e pediátrico acima de 18 anos. Laboratório: Medley.

Composição de Alprazolam. Cada comprimido de 0,25 mg contém:

  • – alprazolam …………………… 0,25 mg
  • – excipientes q.s.p. …………… 1 comprimido
  • – (amido, benzoato de sódio, docusato de sódio, celulose microcristalina, dióxido de silício, estearato de magnésio, lactose monoidratada)

Alprazolam para que serve

Alprazolam é indicado para o tratamento de perturbações de ansiedade ou o alívio sintomático a curto prazo dos sintomas de ansiedade excessiva. Ansiedade ou tensão associada ao estresse da vida cotidiana geralmente não requerem tratamento com um ansiolítico. A ansiedade associada à depressão responde ao alprazolam.

Alprazolam também está indicado para o tratamento do Transtorno de Ansiedade Generalizada (GAD), para o tratamento do transtorno do pânico com ou sem agorafobia (medo de estar em espaços abertos ou no meio da multidão) e em quadros de ansiedade por abstinência de álcool.

Pertence a uma classe de medicamentos chamados benzodiazepínicos que agem sobre o cérebro e nervos (sistema nervoso central) para produzir um efeito calmante. Trabalha realçando os efeitos de um determinado produto químico natural no corpo (GABA).

Os medicamentos da classe benzodiazepina presumivelmente exercem os seus efeitos através da ligação a receptores específicos em vários locais dentro do sistema nervoso central. Seu mecanismo exato de ação é desconhecido. Clinicamente, todas as benzodiazepinas causam uma atividade depressora do sistema nervoso central relacionada com a dose, variando de uma ligeira deterioração do desempenho de certas tarefas.

Após administração oral, o alprazolam é prontamente absorvido. As concentrações máximas no plasma ocorrem em 1-2 horas após a administração.

Devido à sua semelhança com outras benzodiazepinas, presume-se que o alprazolam sofre passagem transplacentária e que seja excretado no leite humano.

Contra-indicações

Os comprimidos de alprazolam estão contraindicados em doentes com sensibilidade conhecida a esta droga ou a outras benzodiazepinas. Alprazolam pode ser usado em pacientes com glaucoma de ângulo aberto que estão recebendo terapia adequada, mas está contraindicado em pacientes com glaucoma agudo de ângulo estreito. Alprazolam também é contraindicado na gravidez, em lactentes e em pacientes com miastenia grave.

Alprazolam engorda

O alprazolam é um medicamento com vários efeitos colaterais, um deles é o ganho de peso, mas pode ocorrer também o efeito oposto. Isto mesmo, alguns pacientes que tomam essa medicação já observam uma perda de peso.

O ganho de peso, relacionado à administração de alprazolam pode ser devido a ele causar um aumento da fadiga e sensação de sedação e sonolência, que pode deixar o paciente menos indisposto a praticar atividades físicas, o que causa um menor gasto de calorias ao dia e um possível aumento de peso.

Já o emagrecimento, durante o tratamento com alprazolam, pode ser observado devido a esse medicamento poder causar uma diminuição do apetite e o consumo de menos alimentos e calorias, levando a perda de peso.

No entanto, é difícil saber se este medicamento vai fazer você ganhar ou perder peso. Isso pode variar de acordo com a reação do organismo de cada um ao uso do alprazolam. O que se pode indicar, é manter sempre uma alimentação balanceada e saudável, principalmente se estiver fazendo o uso deste medicamento.

Alprazolam posologia

Tome este medicamento por via oral conforme indicado pelo seu médico. A dosagem é baseada em sua condição médica, idade e resposta ao tratamento. A dose pode ser aumentada gradualmente até que a droga comece a funcionar bem. Siga as instruções do seu médico de perto para reduzir o risco de efeitos colaterais.

Não exceda a dose recomendada ou tome este medicamento por mais tempo do que o receitado. Se falhar uma dose deste medicamento e estiver a utilizá-lo regularmente, tome-o o mais rapidamente possível. Se não se lembrar até mais tarde, ignore a dose e volte ao seu esquema de dosagem regular. Não tome 2 doses de uma só vez para compensar a dose que você esqueceu.

Não compartilhe este medicamento com outras pessoas para quem não foi prescrito. Não use este medicamento para outras condições de saúde. Mantenha o medicamento fora do alcance das crianças.

O tratamento para pacientes com ansiedade deve ser iniciado com uma dose de 0,25 a 0,5 mg administrada três vezes ao dia. A dose pode ser aumentada para atingir um efeito terapêutico máximo, em intervalos de 3 a 4 dias, até uma dose diária máxima de 4 mg, administrada em doses divididas. A dose eficaz mais baixa deve ser empregada e a necessidade de tratamento continuado reavaliado com frequência. O risco de dependência pode aumentar com a dose e a duração do tratamento.

Este medicamento pode causar reações de privação, especialmente se tiver sido utilizado regularmente por um longo período de tempo ou em doses elevadas. Nestes casos, podem ocorrer sintomas de abstinência (tais como convulsões) se de repente parar de tomar este medicamento. Para evitar reações de retirada, o seu médico pode reduzir a sua dose gradualmente. Informe imediatamente qualquer reação de retirada.

Junto com seus benefícios, esta medicação pode raramente causar comportamento anormal de busca de drogas (dependência). Este risco pode ser aumentado se você tiver abusado de álcool ou drogas no passado. Tome este medicamento exatamente como prescrito para diminuir o risco de dependência.

Quando este medicamento é usado por um longo tempo, pode não funcionar tão bem. Fale com o seu médico se esta medicação parar de funcionar bem. Informe o seu médico se a sua condição persistir ou se agravar.

Efeitos colaterais

Os efeitos secundários mais comuns do alprolazam podem incluir:

  • – Sonolência
  • – Tonturas
  • – Dor de cabeça
  • – Visão embaçada
  • – Problemas de memória
  • – Dificuldade de concentração
  • – Problemas de sono
  • – Fraqueza muscular ou falta de coordenação
  • – Problemas de estômago
  • – Náusea ou vômito
  • – Diarreia
  • – Aumento da transpiração
  • – Boca seca
  • – Nariz entupido
  • – Perda ou ganho de peso
  • – Aumento ou diminuição do apetite
  • – Perda de interesse no sexo

Se esses efeitos são leves, eles podem desaparecer dentro de alguns dias ou algumas semanas. Se forem mais graves ou não forem embora, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Chame imediatamente o seu médico se tiver efeitos secundários graves, que podem incluir os seguintes:

  • – Problemas mentais. Os sintomas podem incluir: depressão, pensamentos de suicídio, confusão e alucinações (ver ou ouvir coisas que não são reais)
  • – Problemas de movimento. Os sintomas podem incluir: movimentos musculares descontrolados, tremor e convulsões
  • – Problemas cardíacos. Os sintomas podem incluir: dor no peito e batimento cardíaco anormal
  • – Problemas do fígado. Os sintomas podem incluir: icterícia (com amarelamento da pele ou da parte branca dos olhos), urinar menos do que o habitual ou não urinar

Esta não é uma lista completa de possíveis efeitos secundários. Se notar outros efeitos não mencionados acima, contate o seu médico ou farmacêutico.

Precauções e avisos

Antes de tomar alprazolam, informe o seu médico ou farmacêutico se tem alergia a este ou a outras benzodiazepinas (tais como diazepam, lorazepam) ou se você tem quaisquer outras alergias. Este produto pode conter ingredientes inativos, que podem causar reações alérgicas ou outros problemas. Fale com o seu farmacêutico para mais detalhes.

Antes de usar este medicamento, informe o seu médico ou farmacêutico sobre o seu histórico médico, especialmente sobre: ​​problemas respiratórios graves (apneia do sono), doença hepática, doença renal, abuso de drogas ou álcool, glaucoma.

Antes de usar este medicamento, informe a seu médico ou farmacêutico todos os remédios prescritos e não prescritos que você está tomando. Isso inclui clozapina, cetoconazol, nefazodona, ácido valpróico e medicamentos usados ​​para tratar a infecção pelo HIV. Informe o seu médico de vitaminas, suplementos e remédios naturais que está tomando, eles podem ser prejudiciais ou impedir que a droga funcione bem.

Para ajudar a evitar interações, seu médico deve gerenciar todos os seus medicamentos cuidadosamente. Para saber como esta droga pode interagir com outra coisa que você está tomando, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Se os comprimidos de alprazolam forem combinados com outros agentes psicotrópicos ou fármacos anticonvulsivantes, deve ser considerada cuidadosamente a farmacologia dos agentes a serem utilizados, particularmente com compostos que possam potencializar a ação de benzodiazepinas.

Este remédio pode deixá-lo tonto ou sonolento. Não conduza, utilize máquinas ou faça qualquer atividade que exija vigilância até ter certeza de que pode realizar tais atividades com segurança. O álcool não deve ser utilizado durante o tratamento com benzodiazepinas.

Não pare de tomar este medicamento abruptamente ou diminua a dose sem consultar o seu médico, uma vez que os sintomas de abstinência podem ocorrer.

Casos especiais que merecem cautela e atenção quanto ao uso deste medicamento, incluem:

  • – Depressão: Se você tem depressão pré-existente, esta droga pode piorar sua condição. Se a sua depressão piorar ou tiver pensamentos suicidas, chame o seu médico imediatamente.
  • – Glaucoma: Em pessoas com glaucoma agudo de ângulo estreito, esta droga pode piorar sua condição. Não tome este medicamento se tiver glaucoma agudo de ângulo estreito.
  • – Grávidas: Este medicamento só deve ser utilizado durante a gravidez em casos graves onde é necessário para tratar uma condição perigosa na mãe. Fale com o seu médico se estiver grávida ou planeja engravidar. Pergunte ao seu médico para lhe dizer sobre o dano específico que pode causar ao feto. Este fármaco deve ser utilizado apenas se o risco potencial para o feto é aceitável, dado o benefício potencial da droga. Chame imediatamente o seu médico se ficar grávida enquanto toma este medicamento.
  • – Amamentação: Esta droga pode passar para o leite materno e causar efeitos colaterais em uma criança que é amamentada. Seu filho pode tornar-se letárgico (sonolento) e perder peso. Fale com o seu médico se você amamenta o seu filho. Pode ser necessário decidir se deve parar de amamentar ou parar de tomar este medicamento.
  • – Idosos: Se você tiver mais de 65 anos, pode ser mais sensível aos efeitos colaterais sedativos desta droga. Isso significa que você pode ter mais probabilidade de estar sonolento. Seu médico deve monitorá-lo de perto. Além disso, você deve tomar cuidado extra para evitar quedas que podem ser causadas por sonolência ou tonturas.
  • – Crianças: Este medicamento não foi estudado em crianças. Não deve ser utilizado em pessoas com menos de 18 anos.
  • – Alergias: Este medicamento pode causar uma reação alérgica grave. Os sintomas podem incluir: Problemas respiratórios, inchaço da garganta ou da língua. Se tiver uma reação alérgica, contate imediatamente o seu médico ou centro de controlo de intoxicações local. Não tome este medicamento novamente se você já teve uma reação alérgica a ele. Tomá-lo novamente pode ser fatal.

Alprazolam preço

Os valores desse medicamento podem variar dependendo da drogaria adquirida, do laboratório e da quantidade de comprimidos contidos na caixa. Este medicamento só deve ser comprado com receita médica. Geralmente, os preços variam de 5 a 50 reais.

Mais informações

Este medicamento só deve ser ingerido sob recomendação médica e seguindo estritamente todas as suas instruções de uso, depois de uma avaliação dos potencias benefícios e riscos de sua administração. O uso de Alprazolam pode causar uma série de efeitos colaterais, informe seu médico caso esses efeitos não passem ou piorem.

Este artigo te ajudou?
  • +3 curtiram
  • -2 não curtiram