Bebidas energéticas: O abuso é sempre ruim

Mateus Alimentos Saudáveis, Bebidas 26-08-14 Bebidas energéticas, energéticos comentários

Bebidas energéticas: O abuso é sempre ruim

As chamadas bebidas energéticas prometem ajudar a reduzir ou eliminar a fadiga, assim você pode estudar mais ou ter mais esforço físico quase sem perceber. Usado as vezes não precisa ser problemático, mas como a maioria das coisas, o abuso de bebidas energéticas são sempre ruins.

Se anunciam como soluções para os mais aventureiros, e constroem uma imagem de marca associada a esportes radicais, emoção, esforço, realização … Mas o fato é que eles alcançam esses efeitos, principalmente devido à cafeína e, em muitos casos, também contém açúcar, para que não mais controlar os abusos.

Açúcar e cafeína: O segredo para estimulá-lo

O que podemos dizer sobre o açucar … Você sabe muito bem que é recomendável não exagerar e evitar a ingestão de açúcar desnecessário. A bebida açucarada não vai te satisfazer ou matar a sua sede (o teor de açúcar e sabor doce pode realmente causar aumento da sede) para que, em caso de bebidas energéticas, é recomendado para aqueles que estão açúcar, ou pelo menos reduzido.

A cafeína é o principal componente dessas bebidas milagrosas, chegando a reduzir a fadiga e “dar-lhe asas”. Não mais misterioso. Muitos alimentos contêm cafeína: Café, cola, chá ou chocolate, por exemplo.

Como sempre, esta não é a proibição, como a cafeína pode ser recomendada em doses adequadas, ainda tem uma ação em apoio a “queimar gordura”.

O problema é o excesso e misturar com o álcool

O que é necessário, nestes casos, é controlar o consumo e evitar excessos. A OCU tem uma tabela interessante, onde as informações coletadas do teor de cafeína de diversas bebidas energéticas.

Um café tem 60-100 mg de cafeína (varia de acordo com o tipo de café). Dependendo da bebida energética, e o seu tamanho, o conteúdo em cafeína varia de 12-145 mg. Uma vez que é recomendado não exceder 250-300 mg por dia (isto é conseguido com três cafés), você também deve controlar o número de bebidas energéticas que você toma.

Não é demonizar essas bebidas, como o seu uso ocasional não é problema. Todos mostram que a rotulagem, há mesmo alguns que avisam dizendo “não recomendado para consumir mais do que três latas por dia deste produto” ou um aviso similar.

O problema muitas vezes é que a publicidade, ou pensam que são produtos saudáveis ​​para incluir pequenas quantidades de vitaminas, aminoácidos e outros comprovação, há pessoas que tomá-los sem saber realmente o que é um produto para ser consumido com certas precauções.

Quanto a misturar essas bebidas com álcool, pode parecer uma boa ideia, por seu sabor agradável e o efeito de “dar mai energia”, mas também mascara os efeitos (o álcool é depressivo e cafeína, um estimulante) e pode promover o maior consumo de álcool.

Como em muitos casos, basta ler o rótulo dessas bebidas para saber o que eles contêm e calcular a dose que podemos tomar no nosso caso não gastar e ter consequências negativas.

E você toma bebidas energéticas? O que você acha desses produtos?

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: