Anti-histaminico: antialérgicos naturais para reduzir alergias

Rudney Dicas Saúde, Remédios caseiros 11-06-16 anti histaminico, anti histaminico natural, anti histaminicos comentários

Espirros, dores de cabeça, olhos inchados e lacrimejantes, coriza, congestão, sinusite e até mesmo problemas digestivos, todos estes sintomas são muito incômodos. Há medicamentos que podem ser tomados para tratar esses problemas, mas você também pode usar anti-histamínicos naturais para aliviar ou prevenir os sintomas associados à alergias.

O que são anti-histamínicos?

A histamina é uma substância que é liberada pelo organismo durante uma reação alérgica. Os mastócitos, que são um tipo de glóbulo branco, liberam a histamina, e isso desencadeia um processo que é mais comumente conhecido como “reação inflamatória imune”.

O processo inflamatório é facilmente reconhecido como olhos inchados, nariz vermelho, inflamação dos intestinos ou manchas no corpo. Os anti-histamínicos bloqueiam a atividade da histamina, evitando a reação alérgica. Muitos medicamentos para alergias funcionam como anti-histamínicos, mas geralmente possuem efeitos colaterais, como sedação, prejuízos no aprendizado e na memória.

Há determinados alimentos e extratos de plantas que podem ter efeitos semelhantes a estes fármacos e, como tal, podem ser utilizados como anti-histamínicos naturais, sem os efeitos adversos.

Anti-histamínicos naturais para reduzir alergias

Em seguida, conheça alguns anti-histamínicos naturais, como eles funcionam, como tomar, bem como estudos científicos relatando a sua eficácia.

Urtiga (Urtica dioica)

A urtiga pode ser usada como um anti-histamínico natural, pois contém vários componentes diferentes que ajudam na luta contra as histaminas.

Um estudo utilizando 300 mg de urtiga liofilizada no tratamento da rinite alérgica, descobriu que os 69 pacientes que completaram o estudo tiveram resultados positivos contra a alergia: 58% acharam eficaz no alívio dos sintomas e 48% acharam que agiu de forma igual ou mais eficaz do que o medicamento antialérgico que costumava tomar.

Bromelina

A bromelina é um outro anti-histamínico natural que tem efeito semelhante a antialérgicos. Trata-se de uma enzima encontrada no abacaxi, principalmente no seu caule. No entanto, é importante mencionar que o próprio abacaxi pode ser um gatilho para histamina, por conseguinte, é necessário usar suplementos de bromelina. Os suplementos de bromelina estão disponíveis em lojas de alimentos saudáveis ou lojas de vitamina online.

Existem mecanismos que desencadeiam os processo anti-inflamatórios que causam a inflamação. A bromelaína é capaz de combater os efeitos dessas substâncias nocivas, reduzir o inchaço, dor e inflamação.

Porém, essa substância pode causar reações alérgicas em pessoas que são sensíveis ao abacaxi. Náuseas, vômitos e diarreia são alguns dos efeitos colaterais inesperados.

Quercetina

A quercetina é outro ingrediente natural que pode ajudar a combater reações alérgicas. Frutas e vegetais são as principais fontes alimentares de quercetina, especialmente frutas cítricas, maçã, cebola, salsa, sálvia, alguns chás e vinho tinto.

A quercetina impede que as células imunitárias libertem a reação de histamina. Como resultado, pesquisadores acreditam que a quercetina pode ser usada como um anti-histamínico natural e pode ajudar a reduzir os sintomas de alergia, incluindo corrimento nasal, olhos lacrimejantes, urticária, inchaço da face e lábios.

Outro estudo da Universidade de Tokushima Graduate School no Japão, descobriu que a quercetina é capaz de suprimir o gene que promove a histamina, e ajuda a evitar a reação alérgica.

É melhor usar suplementos de quercetina como um anti-histamínico natural, do que os alimentos que contêm quercetina. A razão é que alguns dos alimentos que contêm quercetina podem ter níveis elevados de histamina e podem realmente aumentar a resposta alérgica. Por exemplo, cítricos contém quercetina, mas podem causar reações alérgicas em algumas pessoas.

Vitamina C

A vitamina C (também conhecida como ácido ascórbico) é um anti-histamínico natural e é o mais comum e mais fácil de usar, a fim de tratar as reações alérgicas. Há inúmeros alimentos que contêm quantidades adequadas de vitamina C, bem como diferentes tipos de suplementos disponíveis.

Um estudo apresentado na Alternative Medicine Review Journal, diz que a suplementação de vitamina C de 2 gramas ao dia é capaz de reduzir os níveis de histamina no sangue em 38%.

Como mencionado antes, é melhor usar suplementos de vitamina C como um anti-histamínico natural, e não alimentos que contenham vitamina C, uma vez que alguns destes alimentos podem ter altos níveis de histamina e realmente aumentar a reação alérgica.

Alimentos e ervas que contêm anti-histamínicos naturais

Vamos agora apresentar uma lista de vegetais, ervas e frutas que combatem as alergias por serem anti-histamínicos naturais.

Agrião

Foi demonstrado por pesquisadores que o agrião pode bloquear cerca de 60% das histaminas liberadas a partir dos mastócitos.

Brotos de ervilha

É um tipo de planta que tem uma elevada concentração de diamina oxidase (DAO), uma enzima degradante de histamina. Essa substância é também muito elevada em ervilhas, lentilhas e grão de bico (no entanto, o grão de bico pode ter o efeito oposto, por isso tenha cuidado quando comer).

Alho e cebola

O alho e a cebola tem o mesmo efeito que é produzido agrião: inibem a liberação de histamina a partir de mastócitos.

Ginkgo biloba

A ginkgo biloba é uma erva chinesa que é frequentemente associada com a agilidade mental e melhora da memória. Um estudo realizado em 2009 sugeriu que o extrato de ginkgo biloba pode ter atividade terapêutica no tratamento da conjuntivite alérgica sazonal.

Moringa

A moringa também inibe até 72% de todos os histamínicos liberados e tem muitos outros benefícios para a saúde.

Manjericão

O manjericão ajuda a estabilizar os mastócitos e produzir um efeito calmante sobre eles, por isso pode ser utilizado como um anti-histamínico natural.

Balsamina

A balsamina, também conhecida como “não me toque”, tem propriedades para a cicatrização da pele. Um estudo de 2010 descobriu que seus principais compostos têm efeitos significativos para prevenir alergias.

Tomilho

O tomilho (Thymus vulgaris) é uma erva com altos níveis de vitamina C, que ajuda a estabilizar os mastócitos.

Estragão

Ele funciona semelhante ao tomilho e o manjericão, ajudando a estabilizar os mastócitos e inibindo a liberação de histamina.

Camomila

A camomila tem muitos benefícios para a saúde e também é capaz de inibir a liberação de histamina.

Hortelã

Contém flavonoides e fitonutrientes, que tem sido demonstrado que inibem a liberação de histamina, particularmente quando se trata de alérgenos que estão no ambiente e causam a congestão nasal e corrimento.

Raízes

Estas raízes podem ser utilizadas como anti-histamínicos naturais, porque têm potencial para prevenir reações alérgicas, são inibidores da histamina e estabilizam os mastócitos. Algumas ainda ajudam a estimular o sistema imunitário, são anti-inflamatórias e anti-oxidantes, as melhores são:

– Galanga
– Gengibre
– Lótus
Cúrcuma

Frutas que são consideradas anti-histamínicos naturais

As seguintes frutas podem ajudar a combater as alergias por serem ricas em quercetina, reduzir a liberação de histamina e a resposta alérgica.

– Romã
Maçã
– Alcaparras
– Pêssego

Precauções e efeitos colaterais

Note que alguns dos alimentos e suplementos anti-histamínicos naturais citados acima podem interagir com drogas farmacêuticas. Antes de tomar qualquer remédio natural, é importante consultar seu médico e perguntar se você realmente pode tomar e qual a quantidade correta.

Mais informações

Milhões de pessoas no mundo sofrem de alergias respiratórias e, consumir estes diferentes anti-histamínicos naturais, em combinação com os suplementos mencionados acima, pode ser capaz de reduzir graves respostas alérgicas naturalmente.

Este Post te ajudou?
  
  • anti-histamínicos naturais
  • quercetina histamina
Deixe sua opinião:
Posts Relacionados: