Alimentos que melhoram a saúde íntima da mulher

Rudney Alimentos Saudáveis 24-06-16 saúde da mulher, saúde feminina, saude intima da mulher comentários

Em algum momento de suas vidas, as mulheres terão que lutar contra algum problema que diz respeito a sua saúde vaginal. Pode ser candidíase, infecções bacterianas no trato urinário, entre outros problemas, que causam desconfortáveis e desagradáveis irritações e coceiras.

As causas podem ser diversas, desde a falta de higiene a uma dieta pobre que não favorece as defesas do organismo. No entanto, apesar de existir remédios para um tratamento adequado, para cuidar da saúde íntima da mulher, você pode implementar em sua rotina uma dieta composta de alimentos que contêm propriedades que ajudam a manter esta área do corpo saudável.

O que nós comemos traz efeitos sobre o pH do nosso corpo, alguns vão ser muito benéficos, enquanto os outros podem prejudicar nossa saúde, e como esperado, a saúde da vagina não é exceção. Acredite ou não, a saúde íntima da mulher, tem muito a ver com o que você coloca no seu prato.

Alimentos para a saúde íntima da mulher

Apresentamos uma lista de alimentos que podem ser de grande apoio para a saúde íntima da mulher:

Iogurte natural e outros alimentos probióticos

Probióticos são alimentos que devem ser incluídos todos os dias se você quiser manter um pH equilibrado em sua região íntima. Eles são conhecidos por possuir “boas bactérias” e desempenham um papel importante na saúde intestinal e com isso, favorece todo o corpo, pois a saúde começa no intestino.

As fontes mais eficazes de probióticos você vai encontrar em alimentos como iogurte (natural, sem açúcar ou caseiro), kefir, leite fermentado, Missô, kefir, entre outros. Evite quaisquer desses alimentos de origem comercial, porque contêm açúcar e/ou alguns outros ingredientes processados, além de baixos níveis de probióticos, que não irão desempenhar um papel importante na sua saúde vaginal.

Suco de cranberry

Um suco famoso por seus benefícios para o trato urinário é o suco de cranberry ou arando. Esse suco acidifica a urina e equilibra o pH da zona vaginal. É constituída de ácidos que não são dissolvidos enquanto eles viajam através do sistema digestivo, isso faz com que sejam capazes de combater as bactérias que causam infecções do trato urinário.

No entanto, você deve observar que o suco de cranberry adquirido comercialmente têm muito açúcar, o que é contraproducente para tratar esse problema. A melhor coisa a fazer é tomar o suco natural e/ou consumir a fruta fresca, misturando com um pouco de iogurte ou adoçado com stevia se você achar difícil tolerar seu sabor amargo.

Alho

O alho é um alimento com várias propriedades maravilhosas para cuidar da saúde, algumas delas são sua ação antimicrobiana e antifúngica. Uma das maneiras mais recomendadas para tratar problemas na área íntima das mulheres é usar o alho como um supositório vaginal, isso torna-o muito mais eficaz na eliminação de bactérias e o alívio dos sintomas de ardor e prurido.

É estranho, mas tudo que você tem que fazer é inserir um alho na área vaginal e deixar durante a noite. Você pode envolver em um pedaço pequeno de gaze limpa. Deve-se fazer isso por três noites. A alicina é o ingrediente ativo no alho, e é responsável pelo seu forte odor e a maioria de seus efeitos curativos.

Frutas frescas e vegetais

Comer frutas e legumes ajudam a manter uma dieta equilibrada, e isso é um fator benéfico para a saúde íntima da mulher. Algumas vitaminas e certos minerais que compõem os legumes e frutas são especialmente bons para esta finalidade.

A vitamina C, por exemplo, é uma das vitaminas que fortalecem o sistema imunológico. Brócolis, pimentões, frutas cítricas, goiaba, kiwi e morangos são ricos em vitamina C.

Vegetais de folhas verdes nunca devem faltar em suas refeições diárias. Eles são excelentes para a circulação e consumi-los previne a secura vaginal. Couve, espinafre, acelga, entre outras folhas verdes devem compor suas principais refeições diárias. Você pode comê-las em saladas, smoothies, sopas, guisados, e um detalhe que não deve ser esquecido, é que seu consumo cru ou cozido no vapor é melhor, uma vez que seus nutrientes permanecem intactos.

O abacate é outra maravilha da natureza que estimula a saúde vaginal e também contribui com a libido. Abacates contêm vitamina B6 e potássio, que contribuem para deixar as paredes vaginais saudáveis.

Sementes

As sementes, tais como amêndoas, avelãs, nozes e girassol, entre outras, e seus óleos derivados contêm vitamina E, além disso, alguns são ricos em zinco, um mineral essencial para reforçar o ciclo menstrual e ajudar na batalha contra o prurido e outros sintomas como a secura, por exemplo.

Outra excelente semente para a saúde feminina íntima da mulher é de linhaça, que é rica em ácidos graxos ômega 3 e fitoestrogênios, que ajudam a regular os níveis de estrogênio e combater a possibilidade de secura vaginal.

Água

A água é essencial para promover uma secreção vaginal saudável. Se você quiser garantir uma boa saúde em sua área íntima, manter-se hidratada é essencial. Qual é a melhor maneira de conseguir isso? Beber bastante água, e nada mais. Consuma cerca de 2 a 3 litros de água por dia.

Alimentos que deve evitar

Para ter sucesso no objetivo de manter sua saúde íntima ideal, você também deve incluir não só os alimentos certos para isso, mas também evitar algum outro que agir de maneira contrária, fazendo com que as bactérias se multipliquem nessa região. Estes incluem o açúcar em qualquer forma, refrigerantes, sucos industriais, doces, álcool, sorvete e todos os alimentos que se enquadram nestas categorias. Evite também as fontes que têm levedura tal como cerveja e pão.

Deixar de consumir esses alimentos, irá ajudar a eliminar as bactérias ruins, pois elas iriam “enfraquecer pela fome”, já que não têm a sua fonte de vida.

Mais informações

Em geral, se você quiser desfrutar de uma vagina saudável, deve seguir uma dieta equilibrada, evitar alimentos processados ​​e açúcar, além de consumir em abundância frutas e legumes frescos. Desintoxicar sua vagina das más bactérias, também ajuda a regular o ciclo menstrual, reduz o estresse, combate infecções, hemorroidas e ajuda na fertilidade.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: