A importância das fibras durante a gravidez

Davi Dicas Saúde 21-08-13 Destaque, Dicas Saúde, Saúde Mulher comentários
A importância das fibras durante a gravidez

A importância das fibras durante a gravidez

Durante a gravidez, a mulher precisa comer alimentos de qualidade, ricos em nutrientes, isso é essencial para a formação do bebê.

O importante nessa fase é se alimentar bem, de maneira saudável e sem excessos. O corpo da mamãe precisa de muitos nutrientes para passar por esse período com saúde.

Durante a gravidez a ingestão de fibras alimentares é fundamental. Elas são facilmente encontradas em frutas, grãos e hortaliças. E funcionam como uma “vassoura” no organismo, carregando os resíduos alimentares e a gordura para o intestino, baixando o nível de glicose e do colesterol.

Frutas com casca, legumes, verduras e folhas em geral são ricos em fibras. Cereais integrais (pão integral, macarrão integral, arroz integral), sementes e grãos (aveia, chia, linhaça) também fornecem boa quantidade de fibras. No período gestacional, é de extrema importância o consumo de legumes e verduras no almoço e no jantar, 2 a 3 frutas ao dia e água na quantidade ideal..

Tipos de fibras

Existem dois tipos de fibra:

Solúveis:

Essas fibras protegem contra o câncer colorretal. Quando ingeridas, se transformam em “gel” no estômago, permanecendo mais tempo nele e dando uma sensação de saciedade. Elas se armazenam para atrair moléculas de gorduras e colesterol levando-as ao intestino. Mas isso só é feito se houver um grande consumo de água, caso contrário, problemas sérios como gases, cólicas fortes e prisão de ventre podem surgir. Por isso nutricionistas recomendam que a ingestão de fibras ao cardápio seja de forma lenta e gradual.

Insolúveis:

Já as fibras insolúveis atuam como laxantes naturais, ajudando o intestino a trabalhar melhor. São encontradas em todos os tipos de substâncias vegetais, como frutos com cascas comestíveis e sementes. Elas ajudam a prevenir a hemorroida e a inflamação na parede do intestino.

O consumo médio recomendado de fibras ao organismo é de 20 a 35g por dia. E para as gestantes, é preciso uma atenção maior. O consumo pode ajudar a prevenir uma série de doenças como distúrbios hipertensivo, diabetes mellitus gestacional, hemorroidas, síndrome do intestino irritável e até mesmo anemias. As fibras têm um papel importantíssimo na manutenção da microbiota intestinal saudável, que modula o sistema imunológico da mãe, e do bebê.

Os hábitos alimentares da mãe têm relação com o desenvolvimento do paladar do bebê, que começa a se desenvolver a partir do quarto mês de gravidez. Alguns estudos mostram que mães que têm o hábito de comer doces em excesso, por exemplo, têm propensão a ter um bebê com preferência por açúcares.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: