8 maneiras simples de prevenir o câncer de cólon

Rudney Câncer, Doenças 08-08-16 cancer de colon, cancer no colon, sintomas de cancer de colon comentários

Embora casos de câncer de cólon têm caído desde a década de 90, ainda é um dos cânceres mais comumente diagnosticados no mundo. O câncer de cólon refere-se a tumores que acometem um segmento do intestino grosso (o cólon) e o reto. É uma doença tratável e curável, principalmente ao ser diagnosticada precocemente.

Sintomas de câncer de cólon

Os sintomas de câncer de cólon podem não ser sentidos nas fases iniciais da doença. No entanto, quando começam a aparecer, podem variar dependendo do tamanho e local do câncer no intestino grosso.

Diarreia ou prisão de ventre
– Fezes pastosas de cor escura
– Sangramento retal ou sangue nas fezes
– Desconforto abdominal como cólicas e gases
– Sensação de que o seu intestino não esvazia completamente
– Fraqueza
– Cansaço
– Perda de peso
– Náuseas e vômito
– Sensação dolorida na região anal, com esforço ineficaz para evacuar.

Dicas para prevenir o câncer de cólon

Felizmente, existem passos que qualquer pessoa pode tomar para ajudar a reduzir seu risco de desenvolver essa doença. Abaixo, estão algumas das melhores maneiras de reduzir o risco de câncer de cólon:

1 – Parar de fumar

O tabagismo não está associado somente com câncer de pulmão, por isso, deixar de fumar também pode diminuir o risco de desenvolver câncer de cólon.

2 – Atividade física

Muitos estudos sugerem que ficar sentado por muito tempo e inativo, em geral, pode ser responsável por uma grande quantidade de casos de cânceres, inclusive de cólon. O segredo para evitar isso é simplesmente mover-se. Mesmo algo tão simples como passear com o cão durante a semana pode diminuir o risco de câncer de cólon.

3 – Perda de peso

Estudos têm consistentemente mostrado que aqueles que estão com sobrepeso ou obesidade e, particularmente, aqueles que estão com peso extra em torno de sua área abdominal, têm, em média, 25% mais chances de desenvolver câncer de cólon do que pessoas magras. A perda de peso, por conseguinte, pode ajudar a reduzir esse risco.

4 – Reduzir o consumo de carne vermelha

Embora a razão para esta relação ainda não está clara, vários estudos têm encontrado uma ligação entre altas taxas de consumo de carne vermelha e o desenvolvimento de câncer de cólon. Mais e mais profissionais de saúde estão sugerindo que os pacientes prefiram ingerir carne de aves, peixes e outra carne branca em vez de carnes vermelhas.

5 – Evitar o açúcar

Os cientistas também notaram que em países que seguem uma dieta rica em açúcar (e especialmente em formas, como xarope de milho) os níveis de câncer de cólon estão em ascensão. Segundo especialistas, isso é devido ao efeito que os açúcares têm sobre o ganho de peso, o que é um fator de risco definido para o câncer do cólon.

6 – Limite a ingestão de álcool

O câncer do cólon tem sido associado ao consumo excessivo de álcool. O consumo de álcool é um conhecido fator de risco para o câncer colorretal (entre outros tipos de câncer), assim, o risco aumenta à medida que a ingestão de álcool aumenta.

7 – Evite conservantes como o nitrito de sódio

O consumo de carnes processadas ​​como bacon, salame e salsicha, bem como outros alimentos processados, são vulgarmente preservados com nitrito de sódio. Quando o nitrito de sódio encontra o ácido do estômago durante a digestão, pode converter em um composto chamado de nitrosaminas, que é um conhecido agente cancerígeno. Na verdade, tanto o consumo elevado de nitritos e carnes processadas têm sido associadas ao aumento do risco de câncer colorretal.

8 – Coma mais frutas e vegetais sem amido

Comer mais frutas e vegetais sem amido, tais como folhas verdes escuras, abóboras, pimentões, tomates, aspargos, cenouras, couve flor, repolho, brócolis, feijão, maçã, pera, melão, amora, framboesa e frutas cítricas. Estes alimentos parecem ter um efeito protetor contra o câncer colorretal, provavelmente como resultado de uma combinação de fatores que inclui o seu conteúdo antioxidante, fibras e fitoquímicos. Uma pesquisa mostrou que as pessoas com dietas com alto consumo de frutas e vegetais têm um menor risco de desenvolver câncer do sistema digestivo (incluindo colorretal) em comparação com as pessoas cujas dietas contêm a menor quantidade desses alimentos. O alho também pode ser particularmente benéfico, por isso usá-lo livremente.

Fatores de risco

A maioria das pessoas que são diagnosticadas com câncer do cólon têm mais de 50 anos. Por isso, a American Cancer Society recomenda fazer exames preventivos do câncer do cólon depois dos 50 anos para as pessoas com risco médio. Mas algumas pessoas têm certos fatores de risco que os tornam mais propensas a desenvolvê-lo mais cedo. Isso pode significar que eles devem começar a triagem mais cedo, ou fazer o teste mais frequentemente do que outras pessoas.

Um desses fatores de risco é o histórico familiar de câncer de cólon ou pólipos pré-cancerosos, especialmente nos pais, irmãos e irmãs ou filhos. Cerca de 1 em cada 5 pessoas que desenvolvem câncer de cólon têm outros membros da família que já tiveram a doença. O histórico familiar de outros problemas de cólon também pode aumentar o risco, estes incluem síndromes hereditárias como a polipose adenomatosa familiar (FAP) ou câncer colorretal hereditário não poliposo (HNPCC), também conhecida como Síndrome de Lynch.

Seu histórico pessoal também pode aumentar o risco. Por exemplo, ter sofrido de outras condições, tais como a colite ulcerativa, doença de Crohn, ou diabetes tipo 2 também pode aumentar o risco de câncer de cólon. Se você tiver qualquer um desses problemas, fale com o seu médico sobre as opções de rastreio que podem ser melhores para você.

Mais informações

A maioria das recomendações acima são simplesmente uma questão de seguir hábitos de vida que são bons para todos, não importa se é homem ou mulher. Mudar alguns desses hábitos de vida também pode reduzir o risco de muitos outros tipos de câncer, bem como outras doenças graves, como doenças cardíacas e diabetes.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: