7 maneiras naturais para tratar o esporão no calcanhar

7 maneiras naturais para tratar o esporão no calcanhar

Um esporão no calcanhar é causado pelo deslocamento de cálcio no osso que se forma no lado de baixo do calcanhar, pode ser uma pequena saliência óssea ou um conjunto de pequenos microtraumatismos de forma irregular sobre o osso do calcanhar, que é chamado o calcâneo. O esporão de calcâneo não causa dor, ao contrário do que muitas pessoas pensam. A dor ocorre pela inflamação do tendão e da fáscia plantar, tecido que recobre a musculatura da sola do pé. A dor é intensa e por vezes descrita como uma faca cavando no calcanhar, mas pode, em outras vezes, passar despercebida e o esporão só ser detectado por um raio-X.

Os sintomas do esporão no calcanhar são muitas vezes confundidos com os da fascite plantar. Um esporão de calcanhar é simplesmente a presença de uma protuberância extra sobre a superfície óssea do calcanhar, enquanto fascite plantar é a inflamação da fáscia plantar, que é tecido conjuntivo denso que se estende desde o osso do calcanhar até os dedos.

Esporões de calcanhar são mais frequentemente vistos em homens e mulheres de meia idade, mas podem ser encontrados em todas as faixas etárias. É comum que as pessoas tenham um esporão do calcâneo sem nunca saber.

O que causa um esporão de calcâneo?

O processo de formação óssea é iniciado quando o calcanhar é submetido ao desgaste constante. Isso é típico entre a maioria dos atletas, corredores, pessoas que praticam esportes com forte impacto nos pés, excesso de peso, uso de saltos altos ou sapatos que não absorvam muito impacto.

A fim de proteger os tecidos circundantes do calcanhar de danos repetitivos, algumas células se especializam na formação de ossos que migram para o local e começam a depositar cálcio, o que leva à formação do esporão de calcâneo. Este acúmulo de cálcio na parte inferior do osso do calcanhar é um processo que normalmente ocorre durante um período de muitos meses.

Algumas causas de esporão de calcâneo incluem:

– Pisar com o pé torto ou desequilibrado, que coloca estresse excessivo no osso do calcanhar, nos ligamentos e nos nervos.
– Correr ou saltar, especialmente em superfícies duras.
– Sapatos inadequados ou desgastados, especialmente aqueles que não têm um arco de apoio adequado.
– Excesso de peso e obesidade.

Sintomas de esporão no calcanhar

Mais frequentemente do que muitos pensam, esporões de calcanhar podem não apresentar sinais ou sintomas. Isso ocorre porque os esporões do calcanhar não são pedaços pontiagudos ou afiados de osso, ao contrário da crença comum. Um esporão do calcâneo não corta tecido cada vez que você pisa. Eles são depósitos de cálcio formados por mecanismos normais de formação óssea do corpo. Isso significa que são lisos e planos, assim como todos os outros ossos.

Por causa do tecido presente no local da formação do esporão, às vezes essa área e o tecido circundante ficam inflamados, levando a uma série de sintomas, tais como dor crônica no calcanhar que ocorre quando andamos ou corremos.

Outra causa da dor no calcanhar vem do desenvolvimento de um novo tecido fibroso em torno do estímulo ósseo, que atua como uma almofada sobre a área de estresse. Como este tecido cresce, um calo forma e ocupa ainda mais espaço no local do esporão, fazendo com que haja menos espaço para os tendões, nervos, ligamentos e tecidos de apoio. Estas estruturas importantes no pé têm espaço limitado devido ao acúmulo de cálcio ou tecido, o que leva ao inchaço e vermelhidão do pé, podendo levar a uma dor latejante e profunda.

A dor causada por um esporão no calcanhar pode ser uma dor aguda, quando se utiliza o pé após um longo período de descanso, e pode piorar quando se pratica atividades como correr ou saltar. As pessoas às vezes descrevem que a dor é mais intensa pela manhã e mais tarde se transforma em uma dor suportável.

Soluções naturais para tratar o esporão no calcanhar

1 – Magnésio

O magnésio é um mineral essencial para a formação dos ossos, juntamente com o cálcio. Mais da metade do magnésio no corpo humano é armazenado nos ossos, e é exigido pelo corpo para a síntese de proteínas, entre outras funções.

Uma maneira de tratar os sintomas do esporão calcâneo é com um banho morno com sais de Epsom. Os sais de Epsom ou sulfato de magnésio, tem muitas propriedades benéficas quando se trata de aliviar a dor e inflamação. Adicione uma xícara de sal Epsom em uma baica com água morna, e massageie suavemente seus calcanhares para aliviar a pressão.

Há também uma abundância de excelentes alimentos ricos em magnésio que ajudam a aliviar a dor de um esporão de calcanhar. Por exemplo, sementes de abóbora, amêndoas, abacate, banana, espinafre, aveia e leite desnatado são ricos nesse mineral.

2 – Vitamina B5

Um dos principais sinais de deficiência de vitamina B5 é o comprometimento muscular e dor. A vitamina B5 é responsável por ajudar com a função nervosa, criando especificamente uma molécula importante chamada acetilcolina. A acetilcolina é usada para enviar sinais nervosos aos músculos. Isso ajuda o corpo a evitar dano e comprometimento nervoso. A vitamina B5 também é conhecida por acelerar o nosso processo de cicatrização.

Alguns alimentos naturalmente ricos em vitamina B5 incluem abacate, sementes de girassol, ovos, frango, salmão, fígado, farelo de trigo e farelo de arroz. Tomar suplementos de vitamina B está correlacionado com os níveis mais baixos de dor articular, força muscular melhorada e menos sintomas associados dores musculares.

3 – Enzimas proteolíticas

A inflamação é naturalmente reduzida com enzimas proteolíticas, um grupo de enzimas que quebra as moléculas de proteínas de cadeia longa em fragmentos mais curtos e, em seguida, em aminoácidos. Pesquisas mostram que as enzimas proteolíticas reduzem o tempo de remissão e aumentam as taxas de resposta. Elas são usadas para a terapia em pacientes que sofrem de dor intensa nas articulações e dor muscular, câncer e doenças relacionadas à idade.

Um exemplo de uma enzima proteolítica é a bromelina, que combate a inflamação bloqueando metabólitos que causam inchaço. Ela também atua para diminuir o inchaço, ativando um produto químico no sangue que quebra a fibrina, levando a redução do inchaço. A bromelina pode ser encontrada no abacaxi e é muitas vezes recomendada para ser tomada antes de cirurgias para acelerar o tempo de cura e diminuir a inflamação comumente associada com procedimentos cirúrgicos. Reduzir a inflamação ajuda a curar o esporão no calcanhar e aliviar sua dor.

4 – Dieta alcalina

É importante que o nosso corpo tenha um equilíbrio do pH, a fim de evitar a inflamação e o acúmulo de cálcio, o que provoca um esporão de calcanhar.

Para funcionar no seu melhor estado, o corpo deve manter um equilíbrio ácido/alcalino adequado, que é referido como o equilíbrio do pH. Um pH de 7 é neutro, o que significa que está bem no meio da escala de base ácida e não é nem ácido nem alcalino. Quando a química do corpo se torna muito ácida, muitos distúrbios e doenças se desenvolvem.

Um organismo muito alcalino tem uma absorvição de cálcio correta, o que é essencial para fortalecer os ossos. Uma vez que os ossos estão sob estresse, eles formam esporas ósseas, a fim de “corrigir” o problema.

Se o organismo é muito ácido, o cálcio é atraído para as áreas ácidas. O corpo usa o cálcio como um tampão, a fim de neutralizar o excesso de ácido e leva cálcio dos ossos quando necessário para neutralizar o excesso de acidez no sangue e tecidos. É por isso que muita acidez no corpo durante um período suficientemente longo resulta em osteoporose, o que faz com que os ossos se tornem fracos e quebradiços.

Mesmo que haja muitas fontes de acidez e toxicidade em nossos ambientes, o maior contribuinte para o desequilíbrio do pH é a nossa dieta. O problema não é consumir suficientemente alimentos alcalinos, mas sim o excesso de ácidos. Alimentos crus, sucos verdes e água com limão, aumentam a alcalinidade.

Alguns dos melhores alimentos alcalinos são: sal mineral, adoçante stévia, pepino, couve, salsa, coentro, algas marinhas, erva de trigo, cevada, semente de abóbora, abacate, beterraba, brócolis, rabanete, aipo, tomate, cebola, pimentão, alface, repolho, pimenta caiena, gengibre, orégano, alho, tomilho, feijão branco, soja, azeite, limão, chicória, cenoura, couve-flor, abobrinha, nabo e berinjela.

5 – Óleo de peixes

Os ácidos graxos ômega 3 encontrados no óleo de peixe, são uma das mais fortes ferramentas da natureza contra a inflamação. O ômega 3 pode ser consumido em cápsulas diariamente, a fim de aliviar a inflamação do seu corpo e a dor.

Além disso, você pode comer alimentos que contém ômega 3, tais como sardinha, arenque, salmão, atum, sementes de chia, sementes de linhaça e nozes.

6 – Massagem

Massagens com óleos quentes são extremamente benéficas para os seus pés. As massagens frequentes no pé aumentam o fluxo de fluido, aceleram o processo de cicatrização e quebram o tecido cicatricial. Ao esticar os dedos dos pés e massagear os dedos dos pés e calcanhar, o tecido cicatricial torna-se mais forte e mais resistente. Se você sofre de dor causada por um esporão no pé, aqueça uma pequena quantidade de azeite de oliva e massageie seu calcanhar. Você também pode usar o óleo de coco. O óleo coco ou azeite de oliva aquecidos, confortam os calcanhares e os mantêm a salvo dos efeitos nocivos do desgaste excessivo.

Além disso, outros óleos com propriedades anti-inflamatórias podem ser usados. Estes incluem o óleo de alecrim, óleo de tomilho e óleo de lavanda.

7 – Usar sapatos minimalistas

Escolher os sapatos certos para o seu estilo de vida e atividade física é muito importante. Você pode evitar esporões ou dores no calcanhar ao usar sapatos bem ajustados com solas absorventes de choque, firmes e com apoio do calcanhar. Sapatos muito apertados restringem o movimento dos tendões, o que prejudica os ossos dos pés. Usar sapatos adequados também reduz a pressão sobre o calcanhar e ajuda a distribuir o seu peso corporal uniformemente.

Mais informações

O esporão calcâneo é um problema bastante comum e que causa muitas dores, podendo atrapalhar a nossas tarefas do dia a dia. Se você sofre com esse problema, utilize essas soluções naturais para tratar essa condição e conseguir o alívio de suas dores.

Este artigo te ajudou?
  • +2 curtiram
  • 0 não curtiram