4 mitos e verdades sobre a alimentação

Rudney Alimentos Saudáveis, Destaque, Dicas Saúde 19-02-14 alimentos crus são melhores que os cozidos, café é cancerígeno, mitos e verdades sobre alimentos, ovos fazem mal, vinho tinto protege o coração comentários

No que consiste uma boa dieta? As informações sobre este assunto são grandes, por isso, hoje vamos dizer-lhe alguns dos mitos e verdades sobre alimentos.

1 – Os ovos fazem mal?

Muitas vezes, o alto teor de colesterol deste alimento tem o condenado. Isto parece seguir racionamento perfeitamente lógico: os ovos tem muito colesterol. O colesterol é ruim, pois obstrui as artérias e aumenta o risco de ataques cardíacos e derrames. Em seguida, os ovos são ruins.

No entanto, para o desespero dos opositores deste alimento, isso é um mito. Mas por quê? Bem, é simples: o responsável pela produção de 75% do colesterol no sangue é o fígado. Este órgão é estimulado a fazer isso quando se consome gorduras saturadas, algo que o ovo praticamente não tem. Além disso, este alimento é muito rico em gorduras insaturadas, vitamina B e muitos outros minerais. A não ser que seu médico recomende diferentemente, normalmente não há problema em comer quatro ou cinco ovos por semana.

2 – O café é cancerígeno?

Às vezes, tem culpabilizado a cafeína dessa bebida por causar tumores malignos. Assim se sucedeu um estudo feito na década de 70, onde foi responsabilizado o café pelo desenvolvimento de cistos mamários. Anos mais tarde, uma investigação conduzida pela Universidade de Harvard mostrou que pessoas que bebiam café tinham mais chances de desenvolver câncer de pâncreas.

Nos últimos tempos, foram executados outros métodos de investigação com mais precisão, a fim de encontrar evidências conclusivas para verificar esses resultados. Nenhum foi encontrado. De fato, em muitos casos, foi observado exatamente o oposto. Neste sentido, 17 investigações, que foram realizadas entre 1990 e 2003, revelaram que os bebedores assíduos de café ​​eram 24% menos propensos a sofrer de câncer de cólon. Como se isso não bastasse, outros estudos mostraram que o café é muito bom para prevenir doenças como Parkinson e diabetes tipo 2.

3 – Não só o vinho tinto protege o coração?

Durante muitos anos, a presença de resveratrol, um antioxidante conhecido por reduzir a inflamação, enobreceu o consumo de vinho tinto. Este passou a ser considerado o principal responsável pela excelente saúde cardiovascular dos franceses. Estudos recentes têm mostrado, no entanto, que os benefícios cardíacos desta bebida não está em seu resveratrol, mas em seu álcool. Isso faz com que o vinho branco e a cerveja sejam igualmente favoráveis para o coração.

Em última análise, é o consumo moderado de álcool, que tem esses benefícios. Isso aumenta o nível de colesterol “bom” e impede a formação de coágulos sanguíneos. No entanto, não exagere, esteja ciente de que a quantidade recomendada de álcool por dia para as mulheres é um copo e dois para os homens.

4 – Os alimentos crus são melhores que os cozidos?

Os defensores dos vegetais crus argumentam que o calor destrói as enzimas que facilitam a digestão. Isso é verdade, como também que o cozimento dos alimentos rompe as fibras e favorece que o corpo as assimile. Portanto, comer apenas vegetais crus também tem suas desvantagens.

Isto foi confirmado por uma pesquisa alemã realizada com 201 homens e mulheres que comeram apenas alimentos crus. Este estudo constatou que essas pessoas tinham níveis mais baixos de triglicerídeos e colesterol total. No entanto, revelou também que a quantidade de colesterol saudáveis ​​tinham diminuído.

Outros estudos têm mostrado que cozinhar certos alimentos aumenta os seus efeitos nutricionais. Por exemplo, sabe-se que a salsa contém mais licopeno do que o tomate cru. Isso a torna mais eficaz para a prevenção do câncer de próstata.

Considere estes mitos e verdades, e melhore a sua dieta. Bem, em suma, como disse o filósofo e antropólogo Ludwig Feuerbach, “nós somos aquilo que comemos”.

Este Post te ajudou?
  
  • 4 mitos sobre a alimentação
Deixe sua opinião:
Posts Relacionados: