15 razões surpreendentes para você parar de comer açúcar

Rudney Dicas Saúde 13-11-16 acuca, açúcar, acucar faz mal comentários

O açúcar é relacionado com a obesidade, diabetes de tipo 2, doença cardíaca, certos tipos de câncer, acne, rugas e outros sinais de envelhecimento prematuro. Além de tudo isso, você sabia que o açúcar é tão viciante como a cocaína, e também é prejudicial para o fígado e cérebro?

O pior é que o câncer usa açúcar como combustível para crescer. Pesquisas nacionais mostram que o consumo de açúcar aumentou dramaticamente nas últimas décadas. Conheça 15 principais razões pelas quais você deve reduzir o consumo de açúcar em sua dieta a partir de hoje.

Razões para deixar de consumir açúcar

1 – Viciante

Você já reparou que quanto mais doces você come, mais você quer? De acordo com pesquisas cerebrais, o açúcar é tão viciante como a cocaína. Quando comemos açúcar, ele estimula a liberação de dopamina no cérebro, que é o hormônio que faz você sentir prazer. O efeito da heroína, morfina e açúcar são estimulados pelos mesmos receptores no cérebro.

2 – Excesso de açúcar pode causar câncer

A American Cancer Society teve a seguinte conclusão depois de estudos: “Ao promover a obesidade e aumentar os níveis de insulina, a ingestão elevada de açúcar pode indiretamente aumentar o risco de câncer.” Pesquisadores do Albert Einstein College of Medicine da Universidade de Yeshiva (EUA), descobriram que níveis elevados de açúcar no sangue estão associados com um risco aumentado de câncer colorretal após estudar 5.000 mulheres por mais de 12 anos. Um estudo de 2010 por pesquisadores da Jonsson Comprehensive Cancer Center da UCLA (Universidade da Califórnia em Los Angeles, EUA), descobriram que os cânceres pancreáticos usam frutose para ativar uma via celular chave que leva a divisão celular, ajudando o câncer a crescer mais rapidamente.

3 – Açúcar é prejudicial ao coração

Você pode pensar que precisa se concentrar na redução de sódio, gorduras trans e gorduras saturadas para o bem-estar do seu coração, mas os doces na sua dieta também podem ser muito prejudiciais. Estudos sugerem que as dietas ricas em açúcar ou com alto índice glicêmico estão associadas com um risco aumentado de doença cardíaca.

Muito açúcar eleva os triglicérides no sangue (um tipo de gordura que armazena calorias extras de açúcar) e reduz os níveis de proteção do colesterol HDL (bom colesterol). Por causa de todos os fatores de risco para doenças cardíacas estarem relacionadas com o consumo excessivo de açúcares, a American Heart Association (AHA) recomenda reduzir drasticamente a ingestão de açúcar para ajudar a reduzir o risco de diabetes tipo 2, obesidade e doenças cardíacas.

4 – Causa o aumento de peso

Todos os adoçantes fornecem calorias, mas não têm vitaminas, minerais e fibras. À medida que o açúcar entra na dieta, a qualidade nutricional da mesma baixa, enquanto as calorias sobem. Além disso, pesquisas relacionaram as dietas com alto índice glicêmico (que elevam o açúcar no sangue) com o excesso de peso. O peso extra no abdômen é uma das situações que gera mais riscos para a saúde no que se refere a doenças cardíacas e diabetes.

5 – Coloca em risco a saúde do fígado

As dietas ricas açúcar vão mudar a textura do seu fígado. O fígado é um dos órgãos mais complexos, e é também responsável pela produção de uma das principais fontes de glicose no corpo, o glicogênio. Quando você come alimentos ou bebidas açucaradas, o açúcar aumenta no sangue, a insulina é secretada e o fígado responde à insulina produzindo glicogênio, que é usado como fonte de energia pelo corpo. Quando o glicogênio não é utilizado como energia, ele é processo pelo fígado e torna-se gordura. O consumo excessivo de açúcar aumenta o risco de esteatose hepática, ou fígado gorduroso, que pode levar a diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e outros problemas de saúde crônicos.

6 – Aumenta as chances de pedras nos rins

Aqui está outra razão para limitar o consumo de açúcar em sua dieta: o aumento do risco de ter pedras nos rins. Segundo uma pesquisa, o excesso de açúcar na dieta aumenta o risco de pedras nos rins em quase 25%.

7 – Afeta negativamente os dentes

Você se lembra quando seus pais diziam que muitos doces podem danificar os dentes. Eles estavam certos. Quando o açúcar é misturado com bactérias naturalmente presentes na boca, é produzido um ácido. De acordo com a American Dental Association, este ácido pode atacar os dentes durante 20 minutos ou mais. Então, se você não escovar os dentes de forma contínua, a alta ingestão de açúcar pode causar sérios efeitos adversos sobre a saúde dental.

Bebidas açucaradas, como os refrigerantes, são ainda piores no que se diz respeito ao controle da cárie dentária, porque não só são carregadas de açúcar (por exemplo, uma lata de coca-cola tem cerca de 10 colheres de açúcar), mas também contêm substâncias cítricas e ácido fosfórico.

8 – Pode provocar danos cerebrais

Embora a pesquisa seja preliminar, alguns estudos indicam que o pico de açúcar no sangue pode danificar as áreas do cérebro responsáveis ​​pela memória. Isso pode ser causado por um mal controle do açúcar no sangue e foi associado ao declínio cognitivo.

9 – Atrapalha sua dieta

Geralmente, os alimentos ricos em açúcar têm pouco ou nenhum valor nutricional (refrigerantes, bolos, doces, etc.). Se a sua dieta é rica em açúcar, você pode estar substituindo alimentos ricos em nutrientes essenciais para o corpo, por alimentos com baixo valor nutricional que têm pouco a oferecer além de um monte de calorias vazias.

10 – Prejudica sua percepção natural ao doce

Os seres humanos evoluíram a partir de uma dieta que fornecia certos alimentos naturalmente doces, como frutas frescas. No entanto, após os adoçantes serem criados e adicionados em nosso plano alimentar, nossas papilas gustativas foram inundadas com alimentos excessivamente doces. Por isso, quando você come um monte de alimentos açucarados, um morango ou uma cereja já não serão doces o suficiente e podem parecer menos saborosos.

11 – Pode causar acne

Vários estudos têm encontrado uma associação entre dietas com alto índice glicêmico e a acne. Dietas com alto índice glicêmico são geralmente ricas em açúcares e pobres em fibras. Em um recente artigo publicado no Jornal da Academia de Nutrição e Dietética, os pesquisadores descobriram que as dietas de alto índice glicêmico foram associadas com o aumento de surtos de acne inflamatória. Os autores acreditam que altos níveis de açúcar no sangue podem desencadear hormônios que causam o aumento das secreções de óleos na pele, favorecendo o aparecimento da acne.

12 – Provoca rugas prematuras

Falando da pele, o açúcar em todas as suas formas (xarope de milho, cana de açúcar, frutose, etc.) é extremamente prejudicial para o pele. O açúcar decompõe o colágeno e a elastina, as fibras de proteínas que mantêm a pele firme e elástica. O colágeno é uma proteína encontrada em todo o seu corpo. Quando danificado, especialmente na face, o colágeno e a elastina tornam-se secos e quebradiços.

13 – Promove a inflamação no corpo

A inflamação é a resposta do organismo à infecção ou lesão, bem como alguns maus hábitos como o tabagismo, falta de exercício, o consumo de alimentos processados ​​e alimentos ricos em calorias. Muitos estudos descobriram que o açúcar promove a inflamação no corpo, o que pode provocar um certo número de desordens, tais como diabetes tipo 2 ou doença cardíaca. Em particular, os carboidratos como açúcar e farinha branca, arroz branco, pão branco, doces, bolos, biscoitos, etc, podem aumentar os níveis de mensageiros inflamatórios no corpo, chamados de citocinas.

14 – Aumenta a sensação de fome

Um estudo de 2013 da Escola de Medicina de Yale (EUA), publicado no Journal of the American Medical Association constatou que, embora a glicose suprima partes do cérebro que nos fazem querer comer, a frutose não. Os pesquisadores descobriram que o consumo de frutose “pode ​​promover comer em excesso através da sua incapacidade de suprimir o comportamento de busca de comida.” De acordo com o Yale News, “o consumo de frutose tem aumentado nas últimas décadas, assim como a taxa de obesidade.”

15 – O açúcar tem muitos disfarces

Os fabricantes de alimentos usam mais de 25 tipos diferentes de adoçantes calóricos em seus produtos, e não importa como eles são chamados ou adicionados a algum alimento: eles aumentam o açúcar em sua dieta. Alguns dos açúcares “disfarçados” incluem dextrose, frutose, xarope de milho, xarope de milho de alta frutose, sucos concentrados de frutas, açúcar invertido, adoçante de milho, xarope de malte, galactose, lactose, polidextrose, manitol, sorbitol, xilitol, maltodextrina e açúcar turbinado.

Mais informações

Reduzir a ingestão de açúcar pode proporcionar uma série de benefícios em seu corpo e sua saúde. Evitar o açúcar pode ser uma tarefa difícil, principalmente devido aos açúcares “escondidos” em muitos alimentos que muitas vezes não têm um sabor predominantemente doce, e pela quantidade de tipos de açúcares existentes. No entanto,os benfícios para a saúde são enormes, por isso, o melhor é sempre seguir uma dieta com base em alimentos naturais e frescos.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados: