10 causas mais comuns para úlcera no estômago

Rudney Dicas Saúde 28-12-16 ulcera, úlceras comentários

A úlcera péptica, também conhecida como uma úlcera no estômago ou úlcera no duodeno, é uma ferida ou um buraco no revestimento do estômago ou duodeno (a primeira parte do intestino delgado). Pessoas de qualquer idade podem ter uma úlcera e tanto mulheres como homens podem sofrer com isso.

Úlceras são uma razão comum por trás de dor de estômago crônica e podem afetar o apetite e causar náuseas, vômitos ou sangramento no trato digestivo.

Causas de úlceras no estômago

Um desequilíbrio de sucos digestivos no estômago e intestinos podem causar úlceras estomacais. Embora não haja uma única causa para este desequilíbrio de sucos digestivos, existem várias coisas que aumentam a sua chance de desenvolver uma úlcera ao longo do tempo. Aqui estão as 10 principais causas que levam a úlceras pépticas.

1 – Infecção bacteriana por Helicobacter Pylori

Uma infecção que se desenvolve a partir de bactérias Helicobacter pylori (H. pylori) é uma das causas mais comuns de úlceras no estômago. Não está claro como uma infecção por H. pylori se espalha, mas acredita-se que pode ser transmitida de pessoa para pessoa através de contato próximo. As bactérias H. pylori também podem entrar no organismo através de alimentos e água.

Um super crescimento destas bactérias provoca irritação no revestimento do estômago e enfraquece o revestimento protetor. Isso pode levar ainda mais à inflamação e infecção, em última análise, levando a uma úlcera.

No entanto, as pessoas que podem ficar infectadas com H. pylori nem sempre irão desenvolver úlceras. Apenas algumas pessoas infectadas com H. pylori sofrerão de uma úlcera.

2 – Anti-inflamatórios não esteroides

Tomar anti-inflamatórios não esteroides, é outra causa comum de úlceras. Seu uso sem prescrição pode irritar ou inflamar o revestimento do estômago e do intestino delgado, levando a uma úlcera.

3 – Bebidas alcoólicas

Enquanto beber moderadamente pode não causar uma úlcera, o consumo exagerado de álcool pode ser um fator de risco para esse problema.

Na verdade, o consumo moderado ajudará a proteger o estômago contra H. pylori, a bactéria que causa a maioria das úlceras. Mas, beber em excesso pode irritar o revestimento do estômago, levando à inflamação.

4 – Síndrome de Zollinger-Ellison

Uma das raras causas das úlceras pépticas é a síndrome de Zollinger-Ellison. É uma condição rara em que um ou mais tumores formam-se no pâncreas ou na parte superior do intestino delgado, também conhecido como o duodeno.

Estes tumores secretam quantidades em excesso da hormônios gástricos, fazendo com que o estômago fique muito ácido e danifique seu revestimento. O excesso de ácido leva então a úlceras pépticas, bem como à diarreia e outros sintomas.

5 – Muito sal

A alta ingestão de sal é outra das principais causas de úlceras de estômago. De fato, uma dieta com alto teor de sal pode induzir a atividade gênica na bactéria H. pylori que a torna mais virulenta. Um estudo de 2013 publicado em Infection and Immunity relata que a ingestão elevada de sal na dieta causa alterações genéticas na H. pylori e a torna mais poderosa.

Se você já tem uma úlcera, a ingestão elevada de sal irá agravar os sintomas presentes. É por isso que as pessoas que sofrem de úlcera são aconselhadas a comer uma dieta de baixo teor de sal para evitar mais irritação.

6. Estresse

Embora não haja nenhuma prova científica de ligações emocionais ou mentais com as úlceras, os especialistas acreditam que o estresse aumenta a probabilidade de sofrer de uma úlcera no estômago.

O estresse, especialmente estresse prolongado, pode ter um efeito sobre a produção de ácido do estômago. Ele pode desencadear uma liberação aumentada de ácido do estômago e aumentar a irritação.

7 – Histórico familiar

Por último, mas não menos importante, um histórico pessoal ou familiar de úlceras é outro fator de risco comum para úlceras de estômago.

Na verdade, a maioria das pessoas que sofrem de úlceras têm membros da família que sofreram da mesma condição. No entanto, os especialistas não têm certeza por que isso acontece uma vez que as úlceras não são uma doença genética.

8 – Hipercalcemia

A hipercalcemia é o nível elevado de cálcio no sangue, e outra causa de úlcera. A hipercalcemia prolongada tende a causar níveis elevados de gastrina, o que por sua vez pode contribuir para a doença ulcerosa péptica.

9 – Alta ingestão de cafeína

A alta ingestão de cafeína é outro fator que contribui para o desenvolvimento de úlceras. A cafeína aumenta a produção de ácido do estômago, o que o torna mais vulnerável a sofrer de uma úlcera.

10 – Níveis baixos de melatonina

Outra causa de úlcera são baixos níveis de melatonina. Devido a mudanças de estilo de vida como trabalhar até tarde da noite, o uso de iluminação artificial e assim por diante, o que pode fazer o corpo produzir menos melatonina do que o necessário. Uma redução na produção de melatonina pode desencadear vários problemas de saúde, tais como úlceras.

Mais informações

Se você sofre com úlceras no estômago, preste atenção as causas que acabamos de conhecer, pois controlá-las também ajuda no tratamento. Além disso, como vimos, há um risco relacionado com o histórico familiar, por isso, se alguém de sua família sofre desse problema, é melhor ficar atento e tentar ao máximo evitar suas causas.

Este Post te ajudou?
  
    Deixe sua opinião:
    Posts Relacionados:
    Contador de Visitas