10 causas mais comuns de uma menstruação atrasada

10 causas mais comuns de uma menstruação atrasada

Está preocupada, pois sua regra ainda não desceu? Muitas vezes, os nervos podem colaborar para o atraso da menstruação. O ciclo menstrual pode ser afetado por várias causas, por isso, quase todas as mulheres em idade fértil, mais cedo ou mais tarde, podem ter a menstruação atrasada influenciada por diferentes razões.

Atrasos na menstruação podem ocorrer em qualquer fase da vida esporadicamente. Se sua menstruação é muitas vezes adiada, você deve consultar um médico para que possa estudar seu caso. No entanto, note que o ciclo menstrual normal pode durar entre 28 e 35 dias, por isso, se você estiver dentro desse intervalo, não se preocupe.

Para regular a menstruação são muitas vezes utilizados vários medicamentos, entre os quais os mais comuns são os contraceptivos. Claro, você deve ter um controle sobre a administração da pílula, pois um descuido pode alterar o processo e fazer com que você engravide ou seu período atrase alguns dias. Se você seguir as ordens do médico, após a ingestão recomendada de contraceptivos, é muito provável que retome o equilíbrio da regra.

Causas mais comuns de menstruação atrasada

Um atraso na menstruação pode ser um sintoma de gravidez, mas às vezes, a regra pode ser adiada mesmo não estando grávida.

Agora vamos conhecer as 10 causas mais comuns de uma menstruação atrasada, para que você possa ter uma ideia do que possa estar causando esse problema, no entanto, sempre é indicado procurar um médico.

1 – Gravidez

A gravidez é a causa mais comum de ausência de menstruação (amenorreia) em mulheres em idade fértil. Se você já teve relações sexuais desprotegidas e têm um atraso na sua regra, isso pode ser um sintoma de gravidez, junto com outros fatores que podem fornecer pistas sobre uma possível gravidez inesperada.

Se você fez um teste de gravidez e o resultado é negativo, e tem um atraso na menstruação de mais de uma semana, deve procurar um médico e discutir o seu caso. Uma vez que você procurou um médico, ele deve pedir novamente para repetir o teste de gravidez, fazendo desta vez um teste de sangue.

Às vezes, até mesmo o sentimento de medo pode atrasar a menstruação alguns dias, e uma vez que a mulher vê o teste de gravidez negativo, dentro de algumas horas a regra pode voltar. De alguma forma, quando a opção que tememos é descartada, o nosso corpo relaxa e restaura seu processo habitual, por isso é importante não se assustar, embora tenha cuidado.

2 – Idade

Se você é muito jovem ou tem a partir de 39 anos em diante, a regra pode sofrer atrasos. Em adolescentes, por vezes, o período menstrual podem desaparecer ou ser adiado por um mês, e depois voltar normalmente. Isto é extremamente comum.

Nas mulheres, depois dos 39 anos em diante, por vezes, as regras são encurtadas, podem haver atrasos e inclusive meses com fases anovulatórias, em seguida, a regra pode não aparecer, são sintomas da pré menopausa.

3 – Síndrome do Ovário Policístico

A síndrome do ovário policístico ou SOP é uma forma comum de desequilíbrio hormonal que pode causar amenorreia (ausência de menstruação) e períodos irregulares, onde a regra pode ser adiada. Também pode ocorrer um sintoma inverso, como sangramento excessivo (menorragia). Nestes casos, se o sangramento continuar ou excede por alguns dias, é melhor procurar um médico, que provavelmente irá fornecer algum tratamento para parar o sangramento, pois eles podem causar tonturas, anemia temporária e perda excessiva de ferro. Esta síndrome afeta frequentemente de 5% a 10% das mulheres.

4 – Estresse

O estresse afeta nossa saúde e quando estamos estressados nossos hormônios também são alterados. Esta é uma das causas que podem influenciar o ciclo menstrual. Se o ciclo for perturbado, a ovulação (regra) pode ser retardada.

Se você está passando por um momento de tensão seja no trabalho, estudos, etc, pode ter a menstruação atrasada. Todas estas causas afetam seu humor, tanto a nível psicológico, bem como fisiológico.

Uma causa frequente de menstruação atrasada é precisamente quando a mulher tem medo, porque não tomou as devidas precauções antes do sexo. A auto condenação de um possível caso de gravidez pode levar ao atraso menstrual devido a preocupação. Para conseguir se acalmar, fazer exercício é ótimo, pois vai ajudar a remover a tensão acumulada.

5 – Amamentação

Não se desespere se você está amamentando e não tem regra, uma vez que é uma ocorrência comum. Há mulheres que amamentam e têm menstruação irregular ou ausência menstrual por longos períodos. Isso ocorre, pois a prolactina (hormônio responsável pela produção do leite materno), também suprime a ovulação. No entanto, isso não significa que a mulher não pode engravidar.

6 – Dieta severa ou transtornos alimentares

Se você está comendo pouco devido a uma dieta, isso pode afetar o seu período menstrual. Também ocorre se a mulher está desnutrida ou perdeu muito peso rapidamente. Isso pode ser porque o corpo começa a economizar recursos. Mulheres com transtornos alimentares como anorexia ou bulimia têm irregularidades menstruais, atrasos na regra e, por vezes, ausência total da menstruação.

Normalmente, quando o padrão alimentar volta ao normal e as mulheres ganham algum peso, tudo é regularizado e a regra reaparece. Assim, uma mulher com dieta saudável e equilibrada é menos propensa a experimentar grandes problemas com a menstruação.

7 – Obesidade

Assim como o baixo peso corporal pode causar alterações hormonais, estar acima do peso também pode causar o mesmo problema. Seu médico irá recomendar uma dieta e exercícios físicos se ele determinar que a obesidade está causando seus atrasos de períodos.

8 – Problemas na glândula tireoide

Esta glândula localizada no pescoço regula o nosso metabolismo, mas também interage com outros sistemas do corpo. Se uma mulher tem um desequilíbrio na glândula tireoide, como hipotireoidismo ou hipertireoidismo, isso geralmente afeta seu ciclo menstrual.

Os sintomas de problemas de tireoide são: mãos trêmulas, suor excessivo, bócio ou um caroço no pescoço, fadiga, problemas de sono, nervosismo, dificuldade de concentração, entre outros. Se você tem alguns desses sintomas, deve marcar uma consulta médica.

9 – Menopausa precoce

A maioria das mulheres começa a menopausa entre as idades de 45 a 55 anos. As mulheres que desenvolvem sintomas em torno de 40 anos ou mais cedo são consideradas como tendo menopausa precoce. Isso significa que a oferta de óvulos está diminuindo, e o resultado será períodos perdidos e, eventualmente, o fim da menstruação.

10 – Doenças crônicas

Doenças crônicas, como diabetes e doença celíaca também podem afetar seu ciclo menstrual. Alterações no nível de açúcar no sangue estão ligadas a alterações hormonais, por isso, a diabetes mal controlada pode causar a menstruação atrasada
.

A doença celíaca provoca inflamação que pode levar a danos no intestino delgado, o que pode impedir o seu corpo de absorver nutrientes. Isso pode causar atraso de menstruação ou períodos perdidos.

Mais informações

O seu médico pode diagnosticar corretamente o motivo do seu período tardio ou sua falta, e discutir suas opções de tratamento. Mantenha um registro das mudanças em seu ciclo menstrual, bem como outras mudanças de saúde para apresentar ao seu médico. Isso irá ajudá-lo a fazer um diagnóstico do seu caso.

Entre em contato com um médico imediatamente se tiver sangramento muito pesado, febre, dor intensa, náuseas e vômitos ou sangramento que dure mais de sete dias.

  • ausencia de menstruação e tontura
Este artigo te ajudou?
  • +5 curtiram
  • 0 não curtiram